O youtuber conhecido apenas como “GmanModz” criou uma espécie de ‘Nintendo 64 portátil”, reduzindo o antigo console da Nintendo aos seus componentes mais essenciais de funcionamento e levando controles, display e o próprio jogo em um espaço mais ou menos do tamanho de um… cartucho de Nintendo 64. Segundo o youtuber, esse é “o menor N64 do mundo”, embora não seja possível confirmar esta parte.

O projeto foi relativamente simples e detalhado em um vídeo publicado no canal do GmanModz. Basicamente, o especialista em modificações pegou um Nintendo 64 original e o desmontou, removendo componentes excedentes e usando apenas aqueles que eram essenciais para que o console retrô seguisse funcionando normalmente.

publicidade

Adicione a isso uma bateria específica – segundo o GmanModz, uma bateria maior não poderia sequer ser cogitada -, dois controles Joy-Con (do Nintendo Switch) customizados e borrachas novas para facilitar a “pegada” com as mãos e o projeto já estava pronto. O único problema é que a bateria, pelo seu tamanho reduzido, tem duração de apenas 90 minutos, em média.

O GmanModz também ressaltou que, devido aos componentes originais estarem posicionados mais próximos entre si do que no console original, ele também precisou utilizar um componente plástico que não derretesse com o aumento da temperatura.

O projeto do Nintendo 64 portátil, ressalta seu criador, é 100% original, sem o uso de placas customizadas ou emuladores. GmanModz ressalta que dependeu apenas de uma impressora 3D para criar a carcaça de acordo com o projeto que desenhou. Estranhamente, o aparelho não parece ter os “botões C”, amplamente necessários na maioria dos jogos do N64 original, mas isso não parece tê-lo impedido de jogar “Pokémon Snap” e “1080º Snowboarding” no diminuto brinquedo.

nintendo 64 portátil
Projeto do GmanModz, embaixo, usou partes do Nintendo 64 original, acima, para criar o que ele chamou de “a menor versão do mundo” do antigo console. Imagem: robtek/GmanModz/Shutterstock/Reprodução

Nintendo 64 portátil não foi o primeiro

O suposto “menor N64 do mundo” não é o primeiro console a passar por uma modificação funcional. Em pelo menos três outras instâncias, o Olhar Digital noticiou alterações dos mais variados tipos e, estranhamente, todas envolvem a Nintendo de alguma forma.

Em 2016, mostramos como um Game Boy clássico, apesar de manter seu corpo relativamente intacto, foi alterado para acomodar jogos de Super Nintendo (Super NES, se você quiser ser técnico sobre isso). Em 2018, o youtuber Vince, do canal “My Mate Vince”, criou uma versão do Switch acoplada a uma TV Full HD – “desportabilizando” o portátil híbrido. Mais recentemente, o pessoal do canal “Restore Technique” usou um Raspberry Pi para “criar” um console que rodasse dentro de um controle do Super NES.

Por mais divertidos que estes projetos possam parecer, é sempre importante lembrar que eles são apenas edições de experimentação e obviamente não podem ser comprados de seus criadores. Até mesmo porque a Nintendo é bem reticente quanto à “liberdade criativa” que envolva suas propriedades: em diversas ocasiões passadas, a empresa ameaçou entrar na Justiça contra modders e hackers por criarem versões alternativas de seus produtos (lembra-se do “Super Mario 64 para PC”?)

Fonte: Slashgear