Os números da Tesla referentes ao ano de 2020 revelam um novo recorde de venda de carros elétricos. Segundo o diretor executivo, Elon Musk, a companhia chegou perto de bater a meta de 500 mil veículos entregues até o final do ano passado.

A empresa vendeu, precisamente, 499.550 carros elétricos em 2020. Somente no último trimestre do ano, a companhia conseguiu vender pouco mais de 180 mil veículos.

publicidade
Musk quer recuperar Space Heavy no ar
Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, destacou o resultado surpreendente em uma postagem no Twitter. Imagem: vasilis asvestas/Shutterstock

Vale lembrar que a pandemia de Covid-19 foi responsável por forçar o fechamento temporário de uma das principais fábricas da Tesla em Fremont, Califórnia. Ainda assim, Musk incitou os funcionários para aumentarem o ritmo de produção até o fim do ano.

Na semana passada, o executivo também ofereceu incentivos extras para novos compradores, incluindo itens opcionais gratuitos como a função Autopilot e prazos de entrega diferenciados.

Mesmo sem conseguir atingir a meta, a Tesla fez questão de exaltar no Twitter que “produziu e entregou meio milhão de carros” em 2020. Em resposta, Musk também ressaltou a marca atingida pela empresa. No microblog, o executivo declarou que está “orgulhoso de toda a equipe da Tesla”. Quando começou, destaca ele, sua companhia tinha apenas “10% de chance de sobreviver” no mercado automotivo.

Mais de 500 mil carros fabricados

A Tesla fabricou 509 mil veículos elétricos em 2020. A produção do próximo utilitário esportivo da companhia, o Model Y, já está em andamento na China. A expectativa da montadora é começar a entrega das primeiras unidades do modelo em breve.

Vale lembrar que Elon Musk chegou a se tornar o segundo homem mais rico do mundo em 2020 — não de acordo com o ranking da Forbes — graças ao aumento no valor das ações da Tesla até o fim do ano passado.

Em julho, a companhia ultrapassou o valor de mercado da Toyota, se tornando a montadora mais valiosa do mundo.

Via: The Guardian