EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A compra da fabricante de chipsets ARM Holdings pela Nvidia deve entrar em investigação no Reino Unido, com órgãos de fiscalização buscando auditorias independentes para avaliar o impacto dessa negociação no mercado global.

Segundo a BBC, a Autoridade de Concorrências e Mercados (CMA, na sigla em inglês) teme que, após a aquisição da ARM pela Nvidia, a empresa receba orientação de aumentar preços e reduzir ou mesmo inviabilizar a disponibilidade de seus produtos para concorrentes de sua nova proprietária.

publicidade

A ARM Holdings, você deve lembrar, é uma das principais fabricantes de processadores para computadores pessoais e servidores corporativos, estando presente na maior parte do mercado global. Além disso, a empresa possui forte presença no setor mobile, desenvolvendo SoCs (System On a Chip) para empresas mundialmente conhecidas, como Apple, Samsung, Sony e outras. Tablets, smart TVs e outros dispositivos com algum sistema embarcado também estão incluídos nessa categoria.

aquisição ARM NVidia
A ARM Holdings pertencia ao grupo Softbank antes de ser comprada pela Nvidia, mas autoridade fiscal britânica teme que acordo traga más práticas competitivas. Imagem: Sundry Photography/Shutterstock

Até setembro de 2020, a ARM era uma das inúmeras propriedades do grupo de empresas japonesa de telecomunicações, investimentos e internet Softbank. Ao negociar a marca com a NVidia, o grupo acabou vendendo-a por aproximadamente US$ 40 bilhões (R$ 211,65 bilhões na conversão direta). Antes disso, porém, NVidia e ARM eram concorrentes em alguns setores.

Compra da ARM pela Nvidia será avaliada em 2021

“A indústria da tecnologia de chips vale bilhões, e é essencial para mutios dos produtos que usamos em nossa vida diária”, disse a executiva chefe da CMA, Andrea Coscelli. “Nós vamos trabalhar em proximidade com outras autoridades de concorrência de mercado ao redor do mundo para considerar o impacto deste acordo e nos certificarmos de que ele não resulte em consumidores pagando por produtos mais caros ou de menor qualidade”.

A CMA é a entidade estabelecida pelo Reino Unido para assuntos de competição mercadológica interna. Anteriormente, seu papel havia sido reduzido com a presença do Reino Unido na União Europeia, já que o bloco conta com a Comissão Europeia para analisar esse tipo de situação. Desde o Brexit, porém, os britânicos vêm restabelecendo as suas próprias autarquias.

publicidade

A aquisição da ARM pela Nvidia deve ser formalmente investigada posteriormente em 2021, mas ainda não tem data certa para começar.

Fonte: BBC