EnglishPortugueseSpanish

O Microsoft Teams finalmente vai ganhar o recurso conhecido como Dynamic View (visualização dinâmica) em atualização prevista para o mês de março. Com ele, a exibição de conteúdos dinâmicos, como slides de apresentações e vídeos, ganham uma nova forma de exibição, alinhada aos participantes da videochamada.

A mudança em si parece pequena, mas ela deve facilitar a vida de profissionais que dependem de reuniões com relatórios e leituras de dados financeiros, por exemplo.

publicidade

Com a visualização dinâmica, o Microsoft Teams passará a dar mais ênfase a pessoas que estejam falando, além de usuários que queiram dar suas opiniões durante uma apresentação (por meio do recurso “Levantar a mão“).

microsoft teams visualização dinâmica
Novo modo de visualização do Microsoft Teams prioriza interlocutores e exibição de arquivos dinâmicos. Imagem: MSPowerUser/Reprodução

A visualização dinâmica do Microsoft Teams também permitirá que participantes fixem pessoas ao topo da chamada – como, por exemplo, em apresentações onde duas ou mais pessoas estão alternando as falas e não querem que eventuais interrupções de áudio mudem a figura de destaque do vídeo, causando confusão. A experiência completa será customizável para cada usuário, então visualização pode ser diferente entre os participantes da conferência.

Microsoft Teams ganha fôlego na pandemia

A novidade chegará aos usuários meses depois de seu anúncio original, ocorrido em julho de 2020, e um ano depois da declaração de pandemia da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Devido às questões de quarentena impostas pelos governos de vários países como medida de segurança contra a proliferação do novo coronavírus (Sars-Cov-2), apps de videochamadas como Zoom e Meet – além do próprio Teams – ganharam proeminência entre profissionais para a condução de reuniões virtuais.

publicidade

Durante esse período de isolamento, a Microsoft viu o Teams ampliar sua base para aproximadamente 115 milhões de usuários diários, o que forçou a empresa a adicionar novos recursos quase que mensalmente.

Via: The Verge