EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Tesla Model Y é o último modelo da montadora de Elon Musk a alcançar a nota máxima na bateria de testes de segurança feitos pela Administração Nacional de Segurança Rodoviária (National Highway Traffic Safety Administration ou NHTSA).

A lista de parâmetros avaliados pela NHTSA inclui desde batidas frontais, acidentes envolvendo as partes laterais do veículo, até capotagens e colisões com barreiras sólidas, postes e objetos em movimento.

publicidade
Tesla Model Y
Model Y entra para a lista de carros mais seguros da Tesla. Imagem: Christopher Lyzcen/Shutterstock

O Model Y conseguiu cinco estrelas em todos os quesitos avaliados pela agência de segurança. No entanto, todos os testes foram feitos levando em conta que um humano estivesse pilotando o veículo. A NHTSA dispensou o uso do Autopilot, recurso de piloto automático da Tesla.

Testes de colisão do Model Y

No vídeo acima, postado no canal de YouTube RealSafeCars, é possível conferir como o Model Y se saiu na prática em batidas frontais com velocidade de até 56 km/h. Apesar de toda a parte frontal danificada, as imagens em câmera lenta mostram que o cockpit não sofreu deformações, e o sistema de airbags foi acionado.

Nas batidas laterais, o veículo foi atingido por um objeto sólido de quase 1,5 tonelada em velocidade de mais de 60 km/h. Apesar dos danos na parte externa do carro, mais uma vez o Model Y conseguiu absorver grande parte do impacto com sucesso.

O resultado positivo coloca o Model Y no mesmo patamar de outros modelos da Tesla, como o Model 3, o Model X SUV e o Model S, todos com nota máxima nos testes da NHTSA.

publicidade

O Model S, inclusive, foi um dos veículos da Tesla responsável por promover mudanças na bateria de testes feitos pela agência de segurança desde que tirou 5,4 estrelas, uma pontuação impossível e que já teve métricas corrigidas pelo órgão.

Via: The Verge, RealSafeCars