O TikTok é extremamente popular entre os jovens. De acordo com a Statista, 32,5% dos usuários norte-americanos do app têm entre 10 e 19 anos. Por isso, não é raro que a rede social se veja às voltas com processos por violação de privacidade de menores de idade ou tenha que reforçar suas ferramentas de controle parental.


Para minimizar esse tipo de problema no futuro, a empresa promoveu algumas alterações que visam “promover uma experiência segura para usuários mais jovens”. Na principal delas, a configuração de privacidade padrão de todas as contas registradas por usuários com idade entre 13 e 15 anos passa a ser “privada”. Dessa maneira, apenas quem o usuário aprovar como seguidor pode assistir aos seus vídeos.

publicidade


A plataforma ainda removeu a opção de comentários abertos para todos em vídeos criados por menores de 16 anos. Outras mudanças foram anunciadas e os detalhes estão no nosso site: olhardigital.com.br