CES 2021: cosméticos e perfumes personalizados em casa

Se o assunto é beleza, a tecnologia também pode ajudar. Na CES 2020, a reportagem do Olhar Digital testou o Mira, que promete rejuvenescer a pele do rosto com o uso de diferentes frequências de luz combinadas com ultrassom, radiofrequência e infusão de íons.

Nesta CES 2021, não pudemos testar nenhum produto, mas algumas marcas prometem soluções bem interessantes. Uma delas é a L’Oreal, que apresentou o Beauté Rouge Sur Mesure Powered by Perso, da Yves Saint Laurent.

Dentro do aparelho, há três cápsulas com batons líquidos em diferentes tons. O sistema usa um aplicativo (disponível para Android e iOS), que se conecta ao dispositivo por bluetooth, e permite escolher a cor de batom que se quer.

O equipamento então libera a quantidade exata necessária de cada cor no topo do dispositivo. O usuário então as mistura e criam a cor desejada escolhida no aplicativo. O topo do gadget pode ser destacado e carregado na bolsa para retoques.

O dispositivo custa US$ 299 e já pode ser encomendado. Esse preço inclui dois conjuntos de cores, entre vermelho, nude, laranja e fúcsia. A previsão de envio é o segundo trimestre. Para quem quiser esperar os produtos aparecem nas lojas, isso deve ocorrer em setembro.

Os conjuntos de cápsulas de cores custam US$ 100. Eles são rastreados por RFID e não é possível misturar cores de famílias diferentes. A tecnologia permite que o sistema acompanhe o consumo e ofereça a reposição da cor.

Segundo a L’Oreal, a bateria do aparelho dura mais de uma semana. A marca já tem planos para lançar produtos para cuidados da pele com o mesmo sistema.

Perfume com tecnologia

A mesma ideia é aplicada ao Ninu Perfume, da startup slovena Ninu. Um mesmo recipiente junta três fragrâncias e o app relacionado faz a mistura personalizada para cada usuário. No aplicativo, o algoritmo que guia a criação foi apelidado de mestre Pierre.

Ninu Perfume é uma inovação no segmento que permite criar fragrâncias personalizadas. Foto: divulgação.

Segundo a empresa que criou o conceito, Ninu é 100% vegano e as fragrâncias incluídas são livres de ftalatos, parabenos e sulfatos. Eles prometem mais de um milhão de fragrâncias diferentes, mas apenas três podem ser incluídas no dispositivo, para serem usadas juntas ou separadas. Há a versão feminina e a masculina.

A startup ressalta que 120 bilhões de unidades de embalagem são produzidas anualmente para a indústria cosmética mundial. Um dos propósitos do produto é mudar os hábitos de consumo para que esse número não continue a crescer.

Esta post foi modificado pela última vez em 14 de janeiro de 2021 14:43

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Roseli Andrion