Nesta quinta-feira (14), a Samsung revelou oficialmente a linha Galaxy S21, e os celulares já têm data para chegar no Brasil. São três modelos – Galaxy S21, o S21+ e S21 Ultra – que tem uma característica em comum: a ausência de um carregador na caixa. Para o mercado brasileiro, a empresa marcou para 9 de fevereiro o evento de lançamento dos smartphones.   

Na imagem do evento é possível ver o módulo que abriga as câmeras da nova linha de smartphones da Samsung. Apesar de não citar exatamente o lançamento, é a mesma imagem usada na apresentação realizada nesta quinta.

publicidade
Na ocasião, saberemos o preço dos aparelhos no Brasil. Foto: Samsung/Divulgação

Um dos grandes diferenciais da linha fica por conta do Galaxy S21 Ultra que, assim como a linha S, conta com suporte à S-Pen, caneta que é marca registrada dos aparelhos Galaxy Note. No entanto, o acessório não vem junto com o celular, precisa ser adquirido separadamente.   

Por dentro, os aparelhos têm muitas similaridades. No Brasil, todos os dispositivos da linha Galaxy S21 usarão o novo chipset Exynos 2100, revelado recentemente pela Samsung, mas em alguns países a opção será por um chip Snapdragon, da Qualcomm.  As diferenças aparecem na memória RAM: O S21 Ultra tem 12 GB ou 16 GB de RAM (dependendo da versão escolhida), enquanto o S21 e o S21+ são limitados a 8 GB.  

Outra diferença fundamental entre os três aparelhos, no entanto, é a bateria, com uma relação direta com o tamanho físico dos dispositivos. O Galaxy S21, o menor dos modelos, conta com uma tela de 6,2 polegadas e uma bateria de 4.000 mAh; já o S21+, com painel de 6,7 polegadas terá uma bateria de 4.800 mAh. Por fim, o Ultra conta com um display de 6,8 polegadas e bateria de 5.000 mAh.  

Ao falarmos das câmeras, o S21 e S21+ possuem os mesmos sensores. São três na parte traseira (64 MP + 12 MP + 12 MP). Na parte frontal, o dispositivo captura selfies de 10 MP. Nesse quesito, o Galaxy S21 Ultra também brilha. Há uma câmera principal de 108 MP, duas lentes teleobjetivas com 10 MP cada e uma lente grande-angular de 120º.  

Os modelos chegam ao mercado por valores mais baixos que os praticados pela Samsung no lançamento da linha S20 no ano passado. Na época, os aparelhos S20, S20+ e S20 Ultra custavam, em suas versões básicas, respectivamente US$ 999, US$ 1.199 e US$ 1.399.

La fora, o Samsung Galaxy S21 será vendido pelo preço sugerido de US$ 800 (R$ 4.165 em conversão direta). O S21 + chega por US$ 1.000 (RS 5.206 convertido). Já o modelo mais parrudo, o Ultra, será lançado por US$ 1.200 (R$ 6.247 em conversão direta). Vale lembrar que esses valores são apenas convertidos, não consideram impostos e outros taxas. Ainda não há detalhes sobre o valor oficial dos novos Galaxy S21 no Brasil.