EnglishPortugueseSpanish

Parler pede que juíza force Amazon a restaurar seus serviços

Redação 15 de janeiro de 2021

Em uma audiência na Corte Federal de Seattle, nos Estados Unidos, um advogado do Parler solicitou à juíza federal Barbara Rothstein que ordene a restauração de seus serviços pela Amazon.

O Parler alegou que sofrerá “dano irreparável” se for forçada a fechar, e destacou que manter a plataforma em funcionamento serve ao interesse público.

publicidade

A empresa também negou relação com o ataque ao Capitólio norte-americano, no dia 6 de janeiro. No pedido à juíza, a rede social afirmou que “não há evidência, além de referências anedóticas na imprensa, de que o Parler esteve envolvido na incitação do tumulto”.

Mas segundo Ambika Doran, advogada que representa a Amazon, o Parler violou seu contrato ao permitir conteúdo incentivando a violência, e não demonstrou ser capaz de moderá-lo de forma eficaz.

A juíza Barbara Rothstein prometeu uma decisão “rápida”, mas não estabeleceu uma data limite para isso.

publicidade