A companhia israelente REE Automotive apresentou durante a CES 2021 dois produtos voltados para o segmento de “Mobilidade Elétrica como Serviço” (MaaS), mais especificamente empresas interessadas em construir vans elétricas para entrega ou transporte de passageiros.

As REEboards são chassis para veículos elétricos, conhecidos na indústria como “skateboards” (pranchas de skate). Além de fornecer a estrutura básica do veículo, as “pranchas” contêm a bateria, eletrônica para gerenciamento de carga e toda a fiação necessária para distribuição de energia e de comandos para aceleração, frenagem e direção.

publicidade

Já os REECorners são unidades que ficam nos quatro cantos da prancha e contém motor elétrico, sistema de frenagem, suspensão, roda e pneu. A suspensão é mecânica, já que conexões hidráulicas complicariam o design. 

Um conjunto com REEBoard e quatro REECorners forma a base para um veículo elétrico que pode ser controlado por um motorista ou até mesmo por um sistema autônomo (não incluso).

Segundo a fabricante, as vantagens de sua tecnologia para uma montadora incluem a total liberdade no design do corpo do veículo, grande capacidade de carga em um espaço físico pequeno, suporte a baterias de 48 a 800 volts, mínimo tempo de manutenção e atualizações online, com manutenção preventiva a cargo de um sistema de inteligência artificial.

“Queremos ser uma ‘tela em branco’ sobre a qual nossos parceiros e consumidores poderão construir veículos elétricos e autônomos, feitos sob medida para suas necessidades, enquanto caminhamos para um futuro com emissões zero”, diz Daniel Barel, CEO e co-fundador da REE.

O desenvolvimento de plataformas unificadas para veículos elétricos é uma tendência entre as montadoras, já que simplifica os projetos, reduz custos e diminui o tempo entre a concepção do veículo e sua chegada aos consumidores. Hyundai, GM e Subaru/Toyota são apenas algumas das montadoras que, recentemente, anunciariam suas plataformas.

Fonte: Motor Trend