EnglishPortugueseSpanish

A nova geração do Macbook Pro deve trazer mudanças drásticas, segundo o analista Ming-Chi Kuo. Prevista para o fim do terceiro trimestre, a nova linha de laptops da Apple deve trazer processadores Apple Silicon (ARM), abandonando de vez a Intel, além de conectores MagSafe para recarga de dispositivos.

De acordo com Kuo, essa será a primeira grande reformulação visual do Macbook Pro, que trará também cantos mais quadrados e linhas agressivas – seguindo um padrão de design que começou em 2018, com o iPad Pro.

publicidade

Além disso, a touch bar será removida e, no lugar dela, botões físicos de função serão colocados. Finalmente, mais portas IO devem se fazer presentes para que usuários não tenham que comprar acessórios externos separadamente.

ming-chi kuo, analista de produtos apple
Ming-Chi Kuo, um dos principais analistas de produtos da Apple no mundo, afirma que nova geração do Macbook Pro chega até setembro. Imagem: Digitimes/Reprodução

A questão da touch bar é particularmente interessante, considerando que, em sua estreia em 2016, a Apple chegou a referir-se a ela como o “futuro do Macbook”. Cinco anos depois, ela nunca de fato obteve a tração esperada pela fabricante de Cupertino. Agora, a Maçã parece estar ouvindo ao feedback de usuários que querem botões simples físicos para acionar sem que tenham que olhar para baixo o tempo todo.

No que tange às portas IO, Kuo não especificou quais os tipos – os modelos atuais do Macbook Pro oferecem quatro entradas Thunderbolt. Versões anteriores do computador portátil chegaram a trazer entrada para cartão SD, HDMI e USB-A.

Os modelos recentes trazem uma entrada USB-C – tecnicamente, superiores e com maior tráfego de dados -, mas por elas serem exclusivas do Macbook Pro, usuários eram forçados a comprarem diversos adaptadores separadamente, o que pode ser uma proposta bem cara ao seu bolso.

publicidade
modelo de um macbook pro
Novos Macbook Pro podem retornar à tradicional oferta de portas variadas, para que usuários não dependam de adaptadores externos. Imagem: Krisda/Shutterstock

Sobre o MagSafe, Kuo especificamente disse que a tecnologia será aplicada nos novos Macbooks por meio de conectores magnéticos, e não necessariamente um sistema de recarga por indução como se vê no iPhone 12.

Além da referida janela de data – lançamento até setembro de 2021 -, os novos Macbook Pro chegarão em duas versões de display: uma de 14 polegadas e outra de 16 polegadas.

Como já era de se esperar, a Apple manteve-se fiel à sua política interna e não comentou os rumores do analista.

Fonte: 9to5Mac