EnglishPortugueseSpanish

A Raspberry Pi Foundation anunciou nesta quinta-feira (21) o mais novo membro da família Raspberry Pi: o Raspberry Pi Pico. Ao contrário dos outros modelos da linha, que são computadores de uso geral, o Pico é um microcontrolador de baixíssimo custo (apenas US$ 4, cerca de R$ 21), que pode ser usado como alternativa a um Arduino ou similares.

O principal destaque do Pico é o processador, desenvolvido sob medida pela Raspberry Pi Foundation. O RP2040 tem dois núcleos ARM Cortex M0+ rodando a 133 MHz cada, 264 KB (sim, quilobytes) de RAM e suporta até 16 MB de memória flash externa para armazenamento.

publicidade

A placa tem 30 pinos de GPIO (General Purpose Input and Output, Entrada e Saída Geral), sendo que quatro deles podem ser usados como entradas analógicas. Além disso, há 2 UARTs, 2 controladores SPI e 2 controladores I2C, 16 canais PWM e 8 máquinas de estado para IO (Entrada e Saída) programável.

A grande vantagem do Pico sobre outros Raspberry Pi é o baixíssimo consumo de energia: ele pode ser alimentado com qualquer fonte de 1,8 a 5,5 volts, e consome um décimo da corrente de um Raspberry Pi Zero. Com isso, pode ser alimentado por longos períodos com pilhas comuns, simplificando ainda mais o design de um projeto.

Outra diferença é que o Pico não roda um sistema operacional: os aplicativos são executados com acesso direto e total ao hardware (“bare metal”, no jargão), o que é ideal para aplicações em “tempo real”, nas quais cada milissegundo de latência na resposta a um comando importa.

imagem do livro gratuito que ensina a montar o novo Raspberry Pi Pico
Livro gratuito ensina a programar o Raspberry Pi Pico, com exemplos e projetos

Aplicativos podem ser desenvolvidos em C ou MicroPython, e o livro “Get started with MicroPython on Raspberry Pi Pico” fornece o caminho das pedras aos iniciantes. É possível adquirir uma cópia impressa por cerca de R$ 70, ou baixar a versão em PDF gratuitamente.

publicidade

Além do Raspberry Pi Pico, a Raspberry Pi Foundation está licenciando o processador RP2040 para uso por outras empresas, que irão produzir suas próprias placas baseadas na plataforma. A Adafruit já anunciou dois modelos, a Feather RP 2040 e a ItsyBitsy RP 2040, e a Pimoroni lançará em breve um micro-console portátil chamado PicoSystem.

O Raspberry Pi Pico já pode ser adquirido no site oficial da Raspberry Pi Foundation, e será incluso como brinde de capa da edição de fevereiro (nº 39) de 2020 da revista Hackspace.