A Tesla está processando o ex-funcionário e engenheiro de software Alex Khatilov por roubar informações confidenciais da empresa e violar seu contrato.

A companhia de Elon Musk afirma que Khatilov transferiu arquivos da rede interna relacionados ao software Warp Drive para sua conta pessoal do Dropbox.

publicidade

Em entrevista ao jornal New York Post, o ex-funcionário disse que havia movido os arquivos para o seu Dropbox por engano.

Aos investigadores, o engenheiro de software afirmou que “esqueceu” que tinha feito essa transferência de dados. De acordo com a Tesla, o roubo de arquivos aconteceu no dia 6 de janeiro.

Casos semelhantes já aconteceram recentemente. Em dezembro, a companhia fez um acordo com o ex-técnico Martin Tripp, que admitiu ter vazado informações confidenciais para um repórter.