EnglishPortugueseSpanish

Remoção de CO₂: entenda a tecnologia que pode ‘parar’ o aquecimento global

Redação 26 de janeiro de 2021

Uma pesquisa publicada na revista Nature detalhou como o investimento em um programa emergencial usando removedores de CO₂ com a tecnologia Captura Direta de Ar, ou DAC, seria muito mais eficiente como medida de combate à crise climática.

A DAC consiste em usar qualquer sistema mecânico para capturar dióxido de carbono da atmosfera. Usinas, por exemplo, utilizam solventes líquidos ou adsorventes sólidos para separar o CO₂ de outros gases, enquanto companhias como a suíça Climeworks e a canadense Carbon Engineering usam ventiladores gigantes para “coletar” o ar e filtros ou soluções químicas para fazer a separação dos gases.

publicidade

O CO₂ removido é concentrado, purificado e comprimido. Posteriormente, o componente pode ser injetado no solo para auxiliar na extração de petróleo, diminuindo sua viscosidade. Este procedimento pode ajudar a compensar as emissões de gases que resultam da queima do petróleo.

Porém, o estudo também relata que uma iniciativa deste porte necessitaria de um investimento “equivalente aos feitos em tempos de guerra”, de cerca de 2% do PIB global.