A aprovação da proposta que abriria caminho para o leilão do 5G no Brasil foi adiada. O anúncio foi feito pela Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, nesta segunda-feira.

O presidente da agência, Leonardo Euler de Morais, e outro conselheiro envolvido, pediram vistas do processo.

publicidade

Agora, a ideia, segundo Euler, é que a proposta seja votada ainda em fevereiro, até o dia 24. O leilão, por outro lado, deve acontecer nos próximos meses – tudo indica que ainda no primeiro semestre.

A tecnologia 5G promete trazer mais velocidade para as conexões de internet via celular. Em vários países, usuários já têm acesso à nova tecnologia.