A Mozilla lançou na semana passada o Firefox 85 para PC e Android com diversas novidades, que incluem o fim da compatibilidade com o Adobe Flash Player e recursos extras de privacidade e proteção de dados. Mas a versão mobile do navegador ainda trouxe uma mudança importante, que acabou passando batida: suporte a conteúdo protegido em plataformas como Netflix e Amazon Prime Video.

As notas de lançamento oficiais do Firefox 85 para Android não possuem informações, mas o site GHacks descobriu que a nova versão do navegador inclui recursos para reproduzir mídia protegida por DRM em plataformas de streaming por meio do Google Widevine.

publicidade

O Widevine é o DRM (Digital Rights Management, mais conhecido como sistema antipirataria) do Google. Ele é usado por várias plataformas, como o Netflix, Prime Video ou a HBO Go, para proteger os direitos autorais de seu conteúdo. Há até três níveis de proteção: L1, L2 e L3, sendo o primeiro para vídeos em alta resolução – e até então não suportado pelo browser.

Aviso de conteúdo protegido por DRM no Firefox 85. Imagem: GHacks/Reprodução

Com a atualização, o usuário do Firefox no Android verá um aviso ao tentar reproduzir conteúdo protegido por DRM em HD. É possível bloquear o conteúdo controlado por padrão, permitir que ele seja reproduzido sem qualquer interação futura ou selecionar a opção “Pedir para permitir” para que o navegador exiba o aviso toda vez que o usuário tentar reproduzir uma mídia protegida.

Além do suporte a stream DRM, o Firefox 85 para Android traz algumas melhorias de usabilidade, incluindo otimizações de memória e na seleção de sites principais. Além disso, os sites abertos a partir das Coleções não carregarão mais o conteúdo do cache, mas a página atualizada.

As notas de lançamento oficiais do Firefox 85 para Android listam ainda suporte para particionamento de rede, um recurso que melhora a privacidade e correções de segurança. A página de aviso de segurança do Firefox 85 lista um total de 13 vulnerabilidades diferentes.

Via: XDA Developers/GHacks