EnglishPortugueseSpanish

Em busca de expandir as funcionalidades de seus smartwatches voltados para o universo fitness, a Fitbit anunciou, nesta segunda-feira (8), diversos novos recursos que serão disponibilizados para seus usuários ao longo de fevereiro.

A principal novidade anunciada consiste na expansão de acesso dos usuários ao painel Health Metrics, que monitora as frequências respiratória e cardíaca, saturação de oxigênio, variação de temperatura corporal e outras métricas durante as atividades físicas.

publicidade

Enquanto os usuários gratuitos receberão tendências (trends) do Health Metrics dos últimos sete dias, os membros Premium poderão visualizar estatísticas semanais e mensais. O recorte das informações pode estimular o usuário a bater determinada meta, enquanto monitora suas informações em comparação com a de outros usuários.

O acesso expandido já estava disponível nos modelos Sense e Versa 3, mas a partir de hoje, dispositivos como o Versa 2, Inspire 2 e Charge 4 também terão a funcionalidade.

Caso o painel não apareça automaticamente em um desses dispositivos, basta o usuário clicar em “Editar” na visualização de seu painel e adicionar o bloco “Health Metrics” para que o dashboard apareça.

Ferramenta Health Metrics, da Fitbit
Fitbit expandiu o acesso ao Health Metrics para os dispositivos Versa 2, Inspire 2 e Charge 4. Imagem: Fitbit/Divulgação

Mais funcionalidades à vista

Sem contar o acesso expandido ao Health Metrics, a Fitbit também ampliará o suporte ao rastreamento de eletrocardiograma em smartwatches no Canadá, Nova Zelândia e de alguns territórios dos Estados Unidos que ainda não contavam com o recurso.

publicidade

Além disso, outra novidade foi o anúncio da nova ferramenta Blood Glucose Tracking, capaz de rastrear o nível de glicose no sangue.

Assim como o Health Metrics, a nova aplicação terá versões gratuitas e pagas. Na versão gratuita, a ferramenta registrará o nível de glicose no sangue, definirá lembretes e poderá comparar os registros com os de outros usuários predefinidos.

Nova ferramenta da Fitbit
Blood Glucose Tracking vai monitorar o nível de glicose no sangue dos usuários. Imagem: Fitbit/Divulgação

Já na versão paga, os usuários terão funcionalidades extras como a comparação dos registros por mais de 30 dias e a possibilidade de usar os registros de glicose no sangue para informar os objetivos do Health Coaching.

A última novidade envolve o Charge 4: as leituras de SpO2 poderão ser realizadas no pulso, sem a necessidade de abrir o aplicativo Fitbit.

Com exceção do acesso ao Health Metrics, todas as outras novidades deverão ser implementadas até o fim de fevereiro.

Via: SlashGear