EnglishPortugueseSpanish

Revelado com o Mi 11, em dezembro passado, a interface MIUI 12.5 da Xiaomi chegará a outros aparelhos da marca chinesa partir do segundo trimestre (talvez por volta de abril). No lançamento global do smartphone, a fabricante deu mais detalhes sobre a implementação da atualização e sua disponibilidade.

A IU será liberada em duas ondas, com a primeira contemplando o novo carro-chefe da Xiaomi e as versões mais poderosas do seu antecessor:

publicidade
  • Mi 11
  • Mi 10T
  • Mi 10T Pro
  • Mi 10
  • Mi 10 Pro

A segunda onda começará no “final do segundo trimestre de 2021” e incluirá 11 dispositivos adicionais da Xiaomi e Redmi. Esses incluem:

  • Mi 10 Lite 5G
  • Mi 10T Lite
  • Mi Note 10 Pro
  • Mi Note 10
  • Mi Note 10 Lite
  • Redmi Note 9T
  • Redmi Note 9 Pro
  • Redmi Note 9S
  • Redmi Note 9
  • Redmi Note 8 Pro
  • Redmi 9
Mi 11. Imagem: Xiaomi/Divulgação

Algumas das grandes novidades do MIUI 12.5 referem-se a otimizações de desempenho. A nova atualização torna o sistema muito mais leve, rápido e usando menos recursos. Ele consome até 35% menos de memória e utiliza 25% a menos de energia.

A interface vem com novos recursos no motor de renderização, com potência 20 vezes maior do que as versões anteriores. Isso permite, por exemplo, que as novas animações e o modo Super Wallpaper fluam de maneira limpa.

Foco na privacidade

Outro ponto positivo da nova versão do sistema operacional da Xiaomi é a atenção dada à privacidade do usuário. O MIUI 12.5 traz a opção de fornecer a um aplicativo a localização aproximada e não o posicionamento exato do usuário.

publicidade

Ele também impede que qualquer app “leia” o que é copiado para a área de transferência. Além disso, ao isolar os aplicativos uns dos outros, o MIUI 12.5 força-os a pedirem permissões especiais caso busquem comunicação entre si.

Recurso quer limitar coleta de dados de localização do usuário. Foto: Xiaomi/Divulgação

Já na questão de transferência de arquivos, o MIUI 12.5 traz um modo de sincronização segura entre o PC e o smartphone, sem necessidade de cabos.

Outro destaque do MIUI 12.5 são os aplicativos de sistema desinstaláveis. A maior parte dos apps no novo sistema pode ser desinstalada, enquanto um pequeno número de aplicativos que estão gravados no núcleo do sistema podem ser ocultados.

Sons e animações

O novo sistema operacional da Xiaomi apresenta diversas novas animações de ícones e ao realizar ações como ligar a lanterna, ativar o modo avião, ligar o modo noturno, dentre outros.

O sistema também contará com novos efeitos de som estéreo e surround. A Xiaomi disponibilizou cerca de 120 sons de animais gravados pelo mundo todo para destacar a comunicação entre o homem e a natureza.

Falando em natureza, o novo recurso de meteorologia mostra o clima e o tempo de maneiras bem visíveis na tela dos dispositivos. Seja em um dia claro ou chuvoso, as animações ambientarão o clima da região.

Outras novidades

A atualização do MIUI 12.5 também apresenta aplicativo de notas mais completo (com ferramentas de desenho e texto), Super Wallpaper, modo multitarefas com janelas flutuantes, novo player Xiaomi Video, navegador com modo minimalista e possibilidade de conexão com a televisão usando o celular como teclado.

Via: Android Authority