EnglishPortugueseSpanish

O Google está testando um interessante recurso de privacidade na versão do navegador Chrome para o iOS: o uso do sistema de reconhecimento facial da Apple, o Face ID, para proteger abas privadas. 

O Face ID é usado principalmente para desbloquear o acesso a um smartphone, mas apps também podem usar o sistema para autenticação de usuários.

publicidade

Segundo as notas que acompanham a versão 89 Beta do navegador, “quando você retornar ao Chrome, suas abas privadas serão desfocadas até que você confirme sua identidade”.

O recurso pode ser ativado ou desativado nas preferências do navegador, mas parece estar no estágio inicial de testes, já que nem todos os usuários da versão beta conseguem usá-lo. Em aparelhos sem Face ID o Touch ID (sensor de impressões digitais) pode ser usado. 

Segundo o The Verge o recurso é similar ao “modo secreto” do navegador da Samsung, usado em smartphones Android da marca, que permite proteger abas com reconhecimento facial ou impressões digitais.

publicidade

Mais segurança no Chrome

A versão 88 do Google Chrome, já disponível a todos, também está ganhando uma série de recursos que prometem aprimorar a segurança do usuário em relação às suas senhas.

A que merece destaque é a capacidade de analisar senhas e descobrir se elas são muito fracas ou se já estão comprometidas, permitindo fazer as devidas correções com apenas alguns cliques.

Para acessar o recurso, basta clicar na imagem do seu avatar (no canto superior direito da janela do browser) e, em seguida, selecionar o ícone em formato de chave. Um clique já dará início a uma varredura rápida.

Também está chegando ao Chrome 88 a função de edição de senhas e credenciais de acesso no menu de configurações (apenas para desktop e usuários iOS, nada de Android por enquanto). A ideia é concentrar em um só lugar as suas senhas armazenadas, sem precisar acessar o site do qual aquelas credenciais pertencem.

Fonte: The Verge