EnglishPortugueseSpanish

O TikTok adotou recentemente algumas medidas para tentar se manter longe de disputas políticas. Ainda assim, parte de sua base de usuários na Rússia está transformando o aplicativo em uma espécie de “cabo de guerra” eleitoral.

De um lado, jovens estão utilizando a rede social para compartilhar conteúdo em apoio à liberdade de expressão e contra Putin, promovendo Alexei Anatolievitch Navalny — ativista anticorrupção, blogueiro e político. Líder do partido ‘Rússia Pelo Futuro’, Navalny se tornou um dos oposicionistas mais famosos do país.

publicidade

Do outro, está o governo, que se especializou rapidamente no uso das mídias sociais. De acordo com o site TechCrunh, inclusive, grampeando e supostamente pagando influenciadores digitais do país para “persuadir as massas a se juntarem a elas”.

À medida que esses protestos se desenrolam, o TikTok, antes alheio a tal ação, está se tornando um campo digital de batalha política no país.

Aleksey Navalny
Navalny é um dos oposicionistas mais famosos da Rússia. Imagem: Gregory Stein/Shutterstock

Navalny x Putin

O embate de Navalny com o governo Putin inclui desde desentendimentos políticos, prisões e até um envenenamento. Com isso, Navalny acabou assumindo o papel de “herói anti-autoritário”.

Parte da população, já insatisfeita com a forma que o governo está lidando com a economia e a pandemia (outro fator que abalou os índices de aprovação do governo Putin) abraçou o apelo de Navalny por protestos em massa.

publicidade

Desde então, o conteúdo russo no aplicativo está sendo inundado por vídeos de adolescentes cortando seus passaportes, tirando retratos de Putin e trocando-os pelos de Navalny e outros criando instruções para manifestações, que aconselham a “usar roupas quentes, se equipar com água, e se forem presos, fingir que são estrangeiros”.

Esses usuários se reúnem em torno de hashtags como #23января (23 de janeiro, data de um dos maiores protestos no país), e #занавального, ou “Para Navalny”.

A onda de vídeos recebeu comentários de Navalny pelo Instagram. O político elogiou os ativistas do TikTok por ajudarem a divulgar sua mensagem: “Respeito aos alunos que, segundo meu advogado, causaram frenesi no TikTok”.

Egor Khodasevich, blogueiro de culinária, cuja conta (@kushat_hochu) possui 1,2 milhão de seguidores na rede social, disse que “o conteúdo político não é típico do TikTok russo”. O blogueiro declarou em seu perfil que “antes de Navalny, o TikTok girava em torno de dança, pegadinhas e estética. De repente, vídeos políticos começaram a aparecer em todas as categorias, humor, beleza, esporte.”

TikTok em ascensão na Rússia

TikTok
TikTok conta com mais de 90 milhões de downloads na Rússia. Imagem: kovop58/Shutterstock

O TikTok está em ritmo de crescimento acelerado na Rússia. Os números fornecidos pela SensorTower, estimam que o aplicativo da rede social já foi instalado cerca de 93,6 milhões de vezes no país.

Até o fim de dezembro de 2020, a plataforma tinha cerca de 20 milhões de usuários ativos na Rússia, mais que o dobro dos 8 milhões que tinha até o fim de 2019. O TikTok não divulga os seus números atuais, mas analistas projetam que a rede social pode ultrapassar 1 bilhão de usuários ainda este ano.

Os vídeos com hashtags em apoio ao ativista russo já ultrapassaram 1 bilhão de visualizações na plataforma.

Fonte: TechCrunch