Em comemoração ao Dia Internacional da Internet Segura, a Security Report lançou o Painel de Incidentes Cibernéticos. O principal objetivo da nova plataforma é acompanhar diariamente os incidentes tecnológicos com empresas públicas e privadas que atuam no Brasil, acompanhando o nível de vulnerabilidade dos modelos de proteção utilizados.

Com o lançamento do novo site, a Security Report lembra da existência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e reforça a obrigatoriedade de empresas relatarem incidentes cibernéticos, que podem levar até mesmo a possível aplicação de multas ou sanções para aquelas que violarem regras de proteção e privacidade dos dados pessoais.

publicidade

O site funcionará como uma espécie de infográfico, apontando as datas e quais problemas ocorreram dentro das empresas. A criadora do painel afirmou que a plataforma funcionará com uma ampla colaboração e disponibilizou o contato do responsável por atualizar o site e as informações de vulnerabilidade.

Atualmente, quando acessamos a nova ferramenta é possível ver informações sobre problemas desde o dia 11 de janeiro. Como o vazamento em massa que expôs o CPF de milhões de brasileiros, até mesmo autoridades do país.

O maior caso de vulnerabilidade na proteção de dados de 2021

No que é considerado o maior vazamento de dados do país, fotos de rosto, nomes, endereços e até faixa salarial de 223,74 milhões de brasileiros podem ter sido expostos. A descoberta foi feita pela empresa de cibersegurança PSafe.

A denúncia feita inicialmente pela empresa apontava que os primeiros dados davam conta apenas do vazamento de CPF, data de nascimento e gênero.

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que foi criada com a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), está apurando este vazamento de dados, que acredita-se ter origem no banco de dados do Serasa, demostrando vulnerabilidade da empresa na proteção de dados.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!