EnglishPortugueseSpanish

O Facebook não desistiu de produzir hardware. Apesar de todas as iniciativas nesta área terem se mostrado pouco frutíferas até hoje, a empresa teria o objetivo de produzir um smartwatch, que pode ser lançado em 2022.

Como é praxe entre smartwatches, o relógio do Facebook seria capaz de dispensar a necessidade de tirar o celular do bolso para algumas funções, como troca de mensagens. Além disso, o aparelho também deve trazer recursos para acompanhamento de saúde e exercícios.

publicidade

A publicação do The Information não deixa claro se o Facebook pretende usar o Wear OS, desenvolvido pelo Google para dispositivos vestíveis. O que se sabe é que a empresa está desenvolvendo um sistema operacional próprio e é possível que a plataforma seja a escolhida para o novo relógio inteligente.

Até hoje, o Facebook não conseguiu acertar a mão em um produto físico. O Portal é o maior exemplo: a linha de produtos integrados com inteligência artificial não só não é um sucesso no mercado, como foi ativamente rejeitada pelo público consumidor. Em grande parte, o insucesso se deve à má reputação da companhia em relação à privacidade, o que fez com que potenciais compradores desenvolvessem suspeitas em colocar um microfone ou uma câmera do Facebook dentro de suas casas. Um relógio inteligente pode trazer preocupações similares com privacidade

Talvez a iniciativa de produto físico de maior sucesso do Facebook é o Oculus. O visor de realidade visual, no entanto, não nasceu como um produto da companhia de Zuckerberg, mas foi incorporado ao conglomerado em 2014, com a aquisição da Oculus. Hoje, a linha tem seu nicho, especialmente entre jogadores entusiastas.

Também se sabe que o Facebook tem outras iniciativas de hardware que já foram formalmente anunciadas. A companhia já confirmou uma parceria com a Ray-Ban para lançar óculos inteligentes com tecnologia de realidade aumentada, que devem ser lançados ainda neste ano. A companhia também não esconde o Project Aria, que visa trazer ao mercado uma nova leva de produtos vestíveis com realidade aumentada.

publicidade