EnglishPortugueseSpanish

Em 14 meses, o serviço de streaming Disney+ já possui mais de 95 milhões de assinantes – e deve ultrapassar a Netflix até 2026, de acordo com a Digital TV Research. Segundo a empresa de análises de mercado, a projeção é que a plataforma do Mickey chegue a 294 milhões de usuários em cinco anos, mais do que os 286 milhões esperados para a concorrente.

“No entanto, Disney+ terá apenas mais assinantes do que Netflix em um país – Índia: 98 milhões contra 13 milhões para Netflix”, destacou o relatório. A previsão de receita global da Disney+, porém, é de US$ 20,76 bilhões até 2026, metade dos US$ 39,52 bilhões de faturamento esperados pela Netflix.

publicidade

Serviços de streaming chineses devem atingir 279 milhões de assinantes em cinco anos, enquanto o Prime Video da Amazon deve alcançar 184 milhões de usuários globalmente. Na lista ainda estão a HBO Max, com 50 milhões, e a Apple TV+, com 11 milhões.

Falcão e o Soldado Invernal“, com estreia no dia 18/03, deve ajudar a Disney+ a ganhar mais assinantes. Imagem: Disney+/Divulgação

A expansão da Disney+ pela Ásia deve ser um dos principais impulsionadores do seu crescimento. “O Disney+Hotstar será lançado em 13 países asiáticos até 2026. Esses países fornecerão 108 milhões (37%) do total de assinantes, mas apenas US$ 2,62 bilhões (13%) da receita”, explica Simon Murray, principal analista da Digital TV Research. A assinatura do Hotstar custa menos de um terço da taxa do valor mensal que se paga nos Estados Unidos.

A Disney+ ainda conta com o benefício de ter franquias populares em seu catálogo, como Marvel e Star Wars. A plataforma anunciou dezenas de filmes e séries originais em andamento, muitos dos quais exclusivas para o streaming. Dez desses projetos acontecerão no universo Star Wars, e outras dez terão os personagens da Marvel – que devem surfar no sucesso de “WandaVision”.

A Netflix também não ficará parada assistindo a concorrência acelerar. A plataforma vai lançar pelo menos 71 filmes originais este ano – mais de um por semana, um atrativo e tanto em um cenário no qual muito cinemas ainda estão fechados por causa da pandemia de Covid-19.

publicidade

Via: The Hollywood Reporter/Screen Rant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Experimente grátis o Disney+. Clique aqui e Assine agora!