EnglishPortugueseSpanish

Em novembro passado a Samsung lançou o Galaxy S20 FE (de “Fan Edition”, “Edição dos Fãs”), uma variante do Galaxy S20 com alguns recursos simplificados para reduzir seu preço nas prateleiras. O aparelho foi bem recebido pelo público, e ao que parece vendeu bem o suficiente para ganhar um sucessor. De acordo com o SamMobile, site especializado em acompanhar os smartphones da Samsung, a empresa trabalha em um aparelho com o codinome SM-G990B, que poderia ser o Galaxy S21 FE.

Até o momento, pouco se sabe sobre o Galaxy S21 FE. É seguro esperar que, assim como no S20 FE, ele tenha alguns dos mesmos recursos do Galaxy S21, S21+, com “reduções de custo” em algumas áreas, como no sistema de câmeras ou materiais usados no acabamento.

publicidade

Em nossa análise do Galaxy S20 FE, concluímos que o celular é muito bom dentro do que se propõe e acerta muito mais do que erra. Ele corta os luxos mais irrelevantes de um celular top de linha, mas mantém um núcleo de respeito, comparável com basicamente qualquer aparelho da categoria. Infelizmente, o preço do aparelho no Brasil ia contra a ideia de “versão de baixo custo” 

O SamMobile afirma que o S21 FE terá versões com 128 e 256 GB de memória interna, suporte a redes 5G e estará disponível nas cores cinza/prata, rosa, violeta e branco. O sistema operacional será o Android 11, e o lançamento deve ocorrer no segundo semestre deste ano. Não há informações sobre o preço.

Galaxy S20 FE
Galaxy S20 FE: redução de custo feita “do jeito certo”

A linha Galaxy S21 chegou ao Brasil no início deste mês. São três modelos, chamados S21, S21+ e S21 Ultra. Os dois primeiros são muito parecidos: as principais diferenças são o tamanho da tela (6,4 x 6,7 polegadas) e capacidade da bateria (4.000 x 4.800 mAh).

Já o Galaxy S21 Ultra é um pouco diferente dos outros dois; além de mais lentes formando o módulo de câmera traseiro, o aparelho é o primeiro da linha S a contar com suporte à S-Pen, a caneta que é marca registrada da linha Galaxy Note; o acessório não vem incorporado ao celular, no entanto, e precisa ser adquirido separadamente.

publicidade

O modelo mais acessível da família é o S21 padrão, que chega ao comércio pelo preço sugerido de R$ 6.000. Enquanto isso, o S21+, será comercializado com duas opções, custando R$ 7.000 e R$ 7.400 e, por fim, o S21 Ultra tem o preço sugerido no lançamento de R$ 9.500 e R$ 10.500, dependendo da capacidade de armazenamento e quantidade de memória RAM escolhidos.

Fonte: SamMobile