EnglishPortugueseSpanish

O Google lançou nesta quinta-feira (18) a primeira prévia para desenvolvedores do Android 12. A nova versão do sistema operacional móvel traz, segundo o Google, “privacidade e segurança no centro”. A atualização está disponível para celulares da linha Pixel, da própria empresa, mas ainda não tem data de lançamento final divulgada. O Android 11, por sua vez, foi lançado em setembro de 2020.

“A privacidade está no centro de tudo o que fazemos e, no Android 12, continuamos a nos concentrar em dar aos usuários mais transparência e controle, enquanto mantemos seus dispositivos e dados seguros”, diz o comunicado assinado por Dave Burke, VP de Engenharia.

publicidade

A instalação da atualização do Android 12 pode ser feita, por enquanto, apenas nos seguintes modelos:

  • Pixel 3 e 3 XL
  • Pixel 3a e 3a XL
  • Pixel 4 e Pixel 4 XL
  • Pixel 4a e 4a 5G
  • Pixel 5

Chamado de Android 12 Developer Preview, ele é destinado apenas para desenvolvedores. Esse é um período onde os próprios podem testar seus aplicativos e adaptá-los às mudanças. O período de testes com a versão beta, por exemplo, só deve ser iniciado no mês de maio.

Google diz que prévia do Android 12 “é apenas o começo” e que ainda tem “muito mais para compartilhar”. Imagem: Google/reprodução

Novidades do Android 12

O Google segmentou o lançamento em três pilares: confiança e segurança, experiência do usuário e compatibilidade de aplicativos. No Android 12, o WebView deverá adicionar mais controles de cookies do SameSite, responsável pelo rastreamento de navegação.

Sobre a experiência do usuário, o Google anuncia transcodificação de mídia compatível para o formato HEVC. Ele pode ser feito tanto no hardware, quanto no software, mas agora o Android 12 faz com que os aplicativos não compatíveis possam oferecer suporte. Segundo a companhia, um vídeo 1080p “leva cerca de 9 segundos para transcodificar em um Pixel 4”.

publicidade

Nativamente, o Android 12 também traz suporte para o formato de arquivo de imagem AV1. Considerado mais eficiente e com melhor qualidade de compactação, o formato também deverá ser exigido por plataformas de streaming no futuro

Novo Android 12 é lançado hoje (18) como prévia apenas para desenvolvedores. Imagem: Daniel Romero (Unsplash)/Reprodução

Também é esperado que a atualização torne mais simplificado o uso de imagens, vídeos, áudios e mais entre os aplicativos. Uma nova API unificada permitirá que os apps “aceitem conteúdo de qualquer fonte: área de transferência, teclado ou arrastando e soltando”. Seria o caso, por exemplo, de “copiar” uma imagem de um app e “colar” e colar em outro.

Outra novidade é o feedback tátil de áudio, que usa o sistema de vibração dos celulares para criar novas experiências, como em jogos, filmes e afins. O recurso também permitirá que as chamadas possam ter a vibração personalizada.

Atualizações deverão ser mais rápidas

Visualmente, a empresa redesenhou a área das notificações e trouxe animações mais otimizadas em todo o sistema.

No Android 12, mais atualizações do Android deverão ser feitas por meio do Google Play. Esse é um avanço do Project Mainline, de 2019, que utilizará o Android Runtime (ART) para melhorar a distribuição, pois independe das fabricantes e torna os updates mais rápidos.

O Google ainda cita que o Android 12 está mais preparado para telas grandes, como tablets, TVs e dispositivos dobráveis.

Fonte: Google