Categoras: Vídeos

Governo da Tanzânia nega pandemia e direito à vacinação dos seus cidadãos

Nesta segunda-feira, o governo da Tanzânia, na África Oriental, anunciou oficialmente que o país está livre da Covid-19.

Por conta disso, os tanzanianos não estão sendo testados e o governo também não desenhou o plano de vacinação. Em vez disso, a ministra da saúde do país, Dorothy Gwajima, deu uma entrevista coletiva para ensinar a fazer uma espécie de “vitamina de vegetais”. Ela alega, sem qualquer evidência científica, que esse “composto” seria eficaz contra o vírus.

Familiares de pacientes que morreram com sintomas da Covid-19 dizem que a situação é diferente da anunciada pelos seus governantes, e que o país passa, sim, por um surto da doença.

Entretanto, o país vive sob censura. O presidente John Magufuli, por exemplo, proíbe fortemente que seja feita qualquer tipo de denúncia. Então, famílias que perderam algum parente, escondem o fato e negam a relação entre as mortes e a pandemia.

Desde junho do ano passado, o político vem desencorajando qualquer medida de combate à pandemia. Além de zombar da eficácia das máscaras, duvidar do funcionamento dos testes e ironizar países vizinhos que tomaram medidas para evitar a disseminação do vírus. Magufili também não acredita na eficácia das vacinas.

Esta post foi modificado pela última vez em 22 de fevereiro de 2021 21:48

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Acsa Gomes