EnglishPortugueseSpanish

Ações da Tesla caem 9% e fortuna de Elon Musk diminui US$ 15 bi

Redação 23 de fevereiro de 2021

As ações da Tesla sofreram uma queda brusca de 9% na segunda-feira e atingiu diretamente o bolso do CEO da montadora de carros elétricos, Elon Musk.

O patrimônio líquido do empresário diminuiu US$ 15 bilhões. Agora, a fortuna de Musk está avaliada em – apenas? – US$ 183 bilhões.

publicidade

Essa movimentação colocou o executivo da Tesla, mais uma vez, em segundo lugar no ranking de top bilionários da Bloomberg, perdendo o posto principal para o fundador da Amazon, Jeff Bezos, que tem uma fortuna estimada em US$ 186 bilhões.

Um dos principais motivos apontados para a desvalorização dos papéis da Tesla foi um tuíte do CEO da Tesla. Tudo começou quando Elon Musk enviou uma resposta a uma crítica do economista Peter Schiff às criptomoedas.

O bilionário disparou que o dinheiro é apenas um dado que nos permite evitar o inconveniente da troca. E que esses dados, como todos, estão sujeitos a latência e erro. Ele ainda concluiu dizendo que o sistema irá evoluir, o que vai minimizar os dois problemas.

Outro motivo que teria sido apontado para a queda foi a decisão da Tesla de alterar os pedidos online para o Model Y Standard Range.

publicidade

Assim, um mês após o lançamento, o modelo de entrada foi retirado do catálogo porque o carro “não atende ao padrão de excelência da Tesla”, de acordo com o próprio Musk.