Categoras: Vídeos

Covid-19: vitamina D não altera quadros de pacientes graves

Apesar da polêmica que atribui a melhora de pacientes moderados e graves de Covid-19 ao uso da vitamina D, a administração do suplemento parece não ser eficaz contra a doença.

Esta foi a conclusão de um estudo brasileiro publicado no Journal of the American Medical Association.

Participaram dos testes 240 pacientes atendidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e no Hospital de Campanha do Ibirapuera, no período de junho a agosto do ano passado.

Uma parte deles recebeu uma dose oral única de vitamina D dissolvida em óleo de amendoim, enquanto aos outros foi dada apenas a solução de óleo de amendoim, um placebo.

Os pesquisadores não identificaram diferenças significativas nos dois grupos após os testes. Ou seja, o uso do suplemento não reduziu o tempo médio de internação, não minimizou os riscos de mortalidade e nem diminuiu a admissão de pacientes em UTIs.

O estudo foi conduzido por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Esta post foi modificado pela última vez em 23 de fevereiro de 2021 22:02

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Acsa Gomes