EnglishPortugueseSpanish

Ao começar um novo ano, os brasileiros sempre precisam ficar atentos e se organizar para realizar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física e evitar perder prazos, que podem acarretar em multas. Já nesta quinta-feira (25), a Receita Federal liberou o download do programa do Imposto de Renda Pessoa Física 2021.

Se você está em dúvida de como obter o programa ou já está querendo se organizar para realizar a sua declaração, o Olhar Digital preparou esta matéria com as principais informações do Imposto de Renda Pessoa Física de 2021. Confira!

publicidade

Quem precisa fazer a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021

Antes de você já partir para o download do aplicativo, é sempre bom saber quem realmente é obrigado a fazer a sua declaração. Confira as regras para este ano:

  • Quem recebeu o auxílio emergencial com outros rendimentos tributáveis somando mais de R$ 22.847,76;
  • Quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, com soma superior a R$ 28.559,70;
  • Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma superior a R$ 40.000,00;
  • Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem obteve ganhos com a venda de bens;
  • Quem comprou ou vendeu ações na bolsa;
  • Ao trabalhar com atividade rural, quem obteve receita bruta com valor superior a R$ 142.798,50 ou quem pretende compensar no ano-calendário de 2020, prejuízos de anos-calendários anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020;
  • Se em 31 de dezembro, a pessoa teve posse ou a propriedade de bens e direitos (incluindo terras nuas) com o valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava até dia 31 de dezembro;
  • Quem vendeu imóveis e comprou outros dentro de um prazo de 180 dias usando a isenção do Imposto de Renda no ato da venda.

Caso você não se enquadre em nenhuma das regras descritas acima ou conste como dependente de uma outra pessoa física, então, não é necessário realizar a declaração. Para maiores informações, ainda em caso de dúvidas, você pode acessar este documento da Receita Federal, que conta com todas as informações referentes ao IRPF 2021.

Prazo de entrega

Apesar de o programa do IRPF 2021 já ter sido liberado, o prazo para entregar a sua declaração acaba sendo diferente. Assim, o prazo para realizar a sua declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 começa às 8h da próxima segunda-feira, dia 1º de março e vai até às 23h59 do dia 30 de abril.

Caso você não entregue a sua declaração dentro prazo previsto, será necessário pagar uma multa de 1% sobre o imposto devido ao mês, isto com o valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Formas de entrega

Assim como em 2020, a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 pode ser entregue por mais de uma maneira, sendo elas:

  • Pelo computador mediante o uso do Programa Gerador da Declaração (PGD) em relação ao exercício de 2021;
  • Pelo computador através do serviço “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF) disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da RFB;
  • Por dispositivos móveis através da função “Meu Imposto de Renda”, que está disponível no aplicativo oficial do IRPF 2021;
  • Portal e-CAC – Através do site acessado com um certificado digital, você deverá utilizar a opção “Meu Imposto de Renda”.

Declaração simplificada ou completa

Existem dois tipos de declarações, que podem ser realizados, sendo que eles possuem algumas características diferentes. Veja:

  • Declaração simplificada – esta opção é a ideal para quem teve poucas despesas. Ao optar por ela, você tem um desconto de 20% da somo de todos os rendimentos tributáveis recebidos em 2019. Tal abatimento é limitado até R$ 16.754,34;
  • Declaração completa – este tipo de declaração é indicado para quem teve grandes despesas médicas, possui dependentes ou algum tipo de previdência. Ela também é aplicada para o caso de a soma total de suas deduções excederem o limite de R$ 16.754,34. Vale notar que, ao optar por ela, é necessário ter os comprovantes de suas despesas.

Como baixar o IRPF 2021

Assim como nos últimos anos, hoje em dia já não é necessário obter um programa para realizar a declaração e outro para entregá-la. Abaixo, confira os links oficiais para fazer o download do Imposto de Renda Pessoa Física 2021:

Pronto! Agora, você já sabe as principais informações referentes ao Imposto de Renda Pessoa Física 2021. Caso ainda esteja com alguma dúvida, lembre-se sempre de consultar o site da Receita Federal para obter mais informações.