Categoras: Produtos e Reviews

Qualcomm estabelece parceria para melhorar vibração em celulares Android

A Qualcomm e a Lofelt anunciaram uma parceria para desenvolver soluções que melhorem a resposta tátil (háptica) em smartphones Android equipados com processadores como o Snadragon 888.

A resposta tátil a ações como digitar, tocar ou deslizar a tela pode enriquecer, ou arruinar, a experiência com um smartphone. Cientes disso, as empresas irão desenvolver uma “infraestrutura (framework) de software háptico universal que roda nativamente na plataforma móvel Qualcomm Snapdragon”.

Ou seja, ao contrário da “Taptic Engine” usada em aparelhos da Apple, que é implementada em hardware, a solução proposta pela Lofelt é uma abordagem baseada em software, que os fabricantes poderão licenciar e ajustar para seus aparelhos, e que poderá ser usada em jogos ou vídeos, por exemplo.

iPhone 7 aberto mostrando a Taptic Engine, componente responsável por gerar as vibrações que servem como resposta tátil às ações do usuário

Daniel Büttner, CEO da Lofelt, compara a solução desenvolvida por sua empresa com a Core Haptics, uma API do iOS/iPad OS (sistema operacional do iPhone e iPad) que permite aos desenvolvedores controlar como seus apps emitem vibrações em resposta às ações do usuário.

“O software háptico da Lofelt é como o Core Haptics para Android. Ele permite experiências em jogos portáteis memoráveis e novas formas de interação em UX/UI para os apps de amanhã”, disse. A empresa afirma que a resposta háptica produzida por seu software é “totalmente customizável”.

Os primeiros frutos da parceria entre a Qualcomm e a Lofelt serão anunciados no segundo semestre de 2021. Ainda não está claro se a solução pode ser adicionada a smartphones já existentes, com uma atualização de sistema, ou se será exclusiva para novos aparelhos.

Mais conhecida entre os consumidores pelos processadores Snapdragon, a Qualcomm investe em pesquisa e desenvolvimento em todos os setores ligados à telefonia móvel. Recentemente a empresa estabeleceu, junto com a Ericsson e a operadora australiana Telstra, um novo recorde de velocidade em uma conexão 5G usando uma rede com tecnologia comercial e um único usuário. A marca de 5 Gbps (cerca de 625 MB/s) foi atingida em um teste no centro de inovação 5G da Telstra em Gold Coast, no leste da Austrália.

Fonte: 9to5Google

Esta post foi modificado pela última vez em 25 de fevereiro de 2021 16:27

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Rafael Rigues