EnglishPortugueseSpanish

A AT&T está em negociações para vender parte da DirecTV. A operadora de telecom norte-americana anunciou nesta quinta-feira (25) um acordo com o fundo de investimentos TPG Capital.

Com a movimentação, será criada uma joint venture chamada New DirecTV, onde a AT&T permanecerá com o controle majoritário e a TPG ficará responsável por 30% da unidade.

publicidade

A nova marca engloba os serviços DirecTV, AT&T TV e U-Verse, com valor de mercado avaliado em US$ 16,25 bilhões.

Nos termos do acordo, a AT&T deve receber US$ 7,8 bilhões da combinação dos negócios. Especula-se que uma parte do montante seja usada para reduzir uma dívida da empresa que ultrapassa os US$ 150 bilhões.

controle remoto e televisão
AT&T e Fundo TPG se unem em joint venture e passam a controlar a marca DirecTV.
Crédito: Shutterstock

Em comunicado, o CEO da AT&T, John Stankey, afirmou que criar uma organização é “a maneira certa de estruturar e gerenciar o negócio em vídeo e a maneira ideal de gerar valor [para o mercado]”.

Bill Morrow, atualmente CEO da unidade de vídeo da AT&T nos EUA, está cotado para assumir a frente da New DirecTV quando for oficialmente criada.

A finalização do negócio entre AT&T e TPG Capital está prevista para o fim deste ano, mas ainda aguarda liberação de autoridades reguladoras.

Movimentos estratégicos da AT&T

O montante conseguido no acordo com a TPG Capital, vale observar, é bem abaixo dos US$ 48,5 bilhões que a AT&T pagou para adquirir a DirecTV em 2015.

Apesar disso, as expectativas para o novo negócio são boas. “É justo dizer que alguns aspectos da transação não ocorreram como tínhamos planejado, como o declínio dos lares de TV paga nos EUA em um ritmo mais acelerado do que o previsto. No entanto, desde que a AT&T fechou a aquisição da DirecTV em 2015, o negócio gerou fluxos de caixa de mais de US$ 4 bilhões por ano e esperamos que isso permaneça em 2021”, disse um porta-voz da AT&T, em entrevista à CNN Business.

AT&T
Americana AT&T tem investido no mercado televisivo Há algum tempo. Crédito: Divulgação

À época, a compra pela DirecTV já não foi vista como estratégica por muitos analistas do mercado. O especialista em telecomunicações da MoffettNathanson, Craig Moffett, inclusive, chegou a avaliar o acordo “como um dos piores negócios já feitos”.

Ainda assim, a AT&T tem feito alguns movimentos estratégicos há algum tempo no mercado televisivo.

No ano passado, a companhia finalizou a compra da Time Warner (que controlava os canais HBO, Warner Channel, TNT, CNN e dos estúdios Warner Bros.) pelo valor de US$ 84,5 bilhões, em uma fusão que deu vida ao grupo de mídia e tecnologia WarnerMedia.

Via: TechCrunch e CNN Business.