Categoras: Pro

Nvidia fecha ano fiscal com receita recorde de US$ 16,6 bilhões

A Nvidia superou as expectativas do mercado e registrou recorde em receitas no último trimestre, calculado entre novembro de 2020 e janeiro de 2021.

A empresa fechou seu último trimestre fiscal com US$ 5 bilhões, alta de 61% frente aos US$ 3,1 bilhões registrados para o mesmo período no ano anterior.

Na somatória do ano, a empresa alcançou o valor de US$ 16,68 bilhões em receita, um aumento de 53%.

A empresa fechou o ano fiscal com US$ 16,68 bilhões em receita.
Imagem: Kiklas/Shutterstock

Para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2022, que começa agora, a companhia espera alcançar receita de de US$ 5,3 bilhões – com variação de 2% para mais ou para menos.

“O quarto trimestre foi outro recorde, coroando um ano inovador para as plataformas de computação da Nvidia”, afirmou Jensen Huang, CEO da empresa, por meio de comunicado.

O executivo também salientou que o trabalho da empresa no mercado foi responsável por tornar jogos de PC o “entretenimento mais popular do mundo, à democratização da supercomputação para todos os pesquisadores, e elevou a IA como a força mais importante da tecnologia.”

Em Inteligência Artificial, inclusive, a Nvidia está programando avanços significados em parceria com a ARM. O acordo de US$ 40 bilhões ainda em andamento, mas Huang afirmou que os trâmites estão caminhando dentro do esperado.

No ano passado, a Nvidia investiu US$ 40 bilhões na ARM.
Imagem: Ascannio/Shutterstock

Divisões em destaque

A receita anual do segmento de Data Center da empresa também registrou um recorde à parte, contabilizando um total de US$ 6,7 bilhões para o ano fiscal de 2021 – número 124% acima que o mesmo período do ano anterior.

No último trimestre, a divisão registrou receita de US$ 1,9 bilhão, o equivalente a um crescimento de 97%.

A unidade de games também chamou atenção: o crescimento no quarto trimestre do ano fiscal de 2021 foi de 67% em relação ao mesmo período do ano anterior, ou US$ 2,5 bilhões.

Na somatória do ano, a divisão obteve US$ 7,76 bilhões, ou um crescimento de de 41% em relação ao ano anterior. A demanda por GPUs GeForce RTX Série 30 foi o principal motivo para esse resultado, acredita Huang.

Via: ZDNet

Esta post foi modificado pela última vez em 26 de fevereiro de 2021 23:26

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Tissiane Vicentin