Categoras: Cinema e Streaming

Amazon patenteia tecnologia para automatizar dublagem de filmes

Uma nova patente registrada pela Amazon descreve uma tecnologia que poderia tornar a carreira de dubladores obsoleta: pesquisadores da gigante da tecnologia desenvolveram um sistema que aprende e reproduz a voz de pessoas e que pode ser usada para agilizar a dublagem de filmes e séries.

O sistema descrito pela Amazon usou como exemplo o ator Tom Cruise no filme “O Último Samurai”. De acordo com os pesquisadores, a tecnologia seria capaz de analisar a voz de Cruise em filmes como “Missão: Impossível e “Rain Man” e depois reproduzi-la com as falas do personagem de Tom Cruise em “O Último Samurai”.

A tecnologia da Amazon ainda conseguiria gerar áudio de filmes automaticamente em outros idiomas. Um exemplo disso seria um filme dublado para o português brasileiro usando a voz dos atores originais, mas com o texto traduzido.

Sistema poderia automatizar a dublagem de filmes para o Amazon Prime Video. Foto via ShutterStock

Com isso, a Amazon teria uma ferramenta para converter e dublar milhares de produções disponibilizadas no Amazon Prime Video, por exemplo.

O sistema ainda teria aplicações fora do mundo das produções audiovisuais: a voz de pessoas famosas poderia ser gerada automaticamente para produção de audiolivros e até mesmo para eventos envolvendo a assistente digital Alexa.

Automatização da dublagem é sonho antigo

Não é de hoje que a indústria busca maneiras de automatizar a tradução e dublagem de produções audiovisuais, mas o sucesso dessas empreitadas até o momento é bastante questionável, como reconhece a própria Amazon.

“Tentativas anteriores de gerar automaticamente uma dublagem localizada para vídeos tiveram sucesso limitado devido à falta de diversidade em vozes, sotaques e outros fatores como idade, gênero, ou modo de falar, o que pode resultar, por exemplo, em apostar em uma voz de adulto para dublar uma personagem criança,” explica a Amazon em sua patente.

Os próprios pesquisadores da Amazon testaram sistemas do tipo no passado. Em 2020, funcionários da empresa publicaram um artigo acadêmico descrevendo um treinamento de 47 horas de voz para uma inteligência artificial para dublagem automática de filmes, mas concluíram que a ferramenta precisava de melhorias em fatores como “sincronia labial”.

Vale sempre lembrar que a existência de uma patente não significa que a Amazon vai necessariamente implementar um sistema de dublagem automática ou algo parecido em um futuro próximo, mas é um bom indício das tecnologias e avanços que a gigante busca no momento.

Via: The Telegraph

Esta post foi modificado pela última vez em 28 de fevereiro de 2021 15:11

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Daniel Junqueira