EnglishPortugueseSpanish

Uma mulher chamada Liu comprou um iPhone 12 Pro Max pelo site oficial da Apple, mas acabou recebendo um iogurte com sabor de maçã, na China. Segundo um vídeo que ela própria publicou na rede social Weibo, ela gastou aproximadamente US$ 1,5 mil (R$ 8.381,08, na conversão direta) na aquisição do smartphone mais avançado que a Apple vende atualmente.

De acordo com as informações divulgadas, apesar da compra vir da fabricante do aparelho, Liu não recebeu a encomenda diretamente do entregador, optando pelo pacote ser posicionado em um armário externo de pertences próximo ao seu conjunto residencial.

publicidade
Vítima de golpe comprou um iPhone 12 Pro Max, mas recebeu iogurte de maçã dentro da encomenda
Consumidora chinesa mostrou sua insatisfação em comprar um iPhone 12 Pro Max e receber, na verdade, um iogurte de maçã. Imagem: Weibo/Reprodução

A Apple e as autoridades locais concluíram que a situação se trata de um caso de roubo, mas nenhuma das partes soube informar onde foi feita a troca dos itens na encomenda. Evidentemente, entre a Apple enviar o pacote e a consumidora retirá-lo, alguém abriu a remessa e roubou o smartphone, que no Brasil é vendido por R$ 10.999 segundo o site da empresa.

A empresa de entrega que fez o transporte do pacote foi a Express Mail Service (EMS), que também anunciou uma investigação interna a fim de determinar se o roubo foi feito por algum funcionário.

No Weibo, usuários que responderam ao vídeo de Liu distribuíram acusações, ora direcionando-as para a empresa de entrega ou um de seus funcionários, ora culpando empregados no depósito e galpões da própria Apple. Outros chegaram até a afirmar que a consumidora havia sido vítima de um golpe, tendo feito a compra por um site que “imitasse” a página da empresa de Cupertino.

Fonte: Apple Insider