O icônico herói francês dos quadrinhos Asterix terá sua própria série animada em 3D na Netflix. A plataforma de streaming anunciou nesta quarta-feira (3) a parceria com a Hachette’s Les Editions Albert René para criar a primeira minissérie baseada no quadrinho, com previsão de lançamento para 2023.

No site oficial da plataforma de filmes e séries, a diretora de animações originais Dominique Bazay explicou que já tentava levar Asterix à Netflix há anos. Canadense do lado francês do país, ela cresceu acompanhando as histórias do herói gaulês junto ao parceiro Obelix e o cachorro Ideiafix.

publicidade

“Eu assisti os especiais em desenhos e li os livros religiosamente. Se me dissessem, aos 8 anos de idade, que eu daria vida aos personagens, eu não acreditaria”, disse Bazay.

A série animada da Netflix será baseada no quadrinho ‘Asterix – O Combate dos Chefes’, de 1971. Imagem: Reprodução

A série de 2023 vai contar a história de ‘Asterix – O Combate dos Chefes’, lançada em 1971. No quadrinho, depois de serem constantemente humilhados pelos gauleses, os romanos organizam uma luta contra os rivais e tentam reverter o resultado sequestrando um druida e sua poção mágica. Mas as coisas não acontecem bem como planejado.

“Estou empolgada em apresentar Asterix, Obelix e Ideiafix a uma nova geração de fãs pelo mundo”, completou a diretora Dominique Bazay.

A direção será do francês Alain Chabat, que foi um dos dubladores em língua original do filme ‘Asterix – O Domínio dos Deuses’. Ele também escreveu e dirigiu o filme ‘Asterix e Obelix: Missão Cleópatra’ (2002), com Christian Clavier e Gerard Depardieu interpretando os personagens título. Alain Goldman, da Legende Films, produzirá a série para o streaming.

A primeira revista em quadrinhos de Asterix foi lançada em 1961 e teve 38 volumes disponibilizados em 111 idiomas e dialetos. A 39ª edição será lançada este ano. Até agora, 15 filmes foram feitos baseados na obra de Albert Uderzo e René Goscinny, o primeiro em 1967.