EnglishPortugueseSpanish

Amazon é processada por racismo e outras injúrias

Redação 3 de março de 2021

Uma gerente sênior do departamento de serviços web da Amazon está movendo uma ação contra a empresa e dois executivos por racismo e outras injúrias.

Charlotte Newman abriu o processo na segunda-feira, em Washington, nos Estados Unidos, alegando ter passado por situações que discriminação por ser uma mulher negra.

publicidade

Em reportagem do jornal USA Today, Charlotte comenta que começou a sofrer com o tratamento que recebeu logo que começou a trabalhar na empresa.

Formada em Harvard, ela diz que se candidatou a uma vaga, mas foi contratada para uma função inferior.

Em seguida, ainda com pouco tempo na Amazon, passou a ter que lidar com funções associadas a uma posição superior, sem a devida promoção.

Segundo Charlotte, um dos executivos, que também é réu no processo, se referiu a ela como agressiva e usou termos velados referenciando à cor de sua pele.

A Amazon, por sua vez, diz ter um programa de inclusão e diversidade. Inclusive, antes de ser processada por racismo, a empresa declarou apoio ao movimento de luta racial “Vidas Negras Importam”, em 2020.