EnglishPortugueseSpanish

A pandemia de Covid-19 atrasou as obras e, consequentemente, a inauguração do parque temático Super Nintendo World, em Orlando, Flórida. Inicialmente previsto para 2023, a atração foi adiada para 2025. O novo ano foi dado por Jerry Demings, prefeito da cidade, após contato com os responsáveis da Universal, que não deu uma data precisa.

A atração será parte do terceiro parque da Universal, o Epic Universe, e tem um projeto multibilionário, junto à Comcast Corp. Por causa das incertezas econômicas causadas pela pandemia de coronavírus, a construção chegou a parar há quase um ano, sendo retomada mais recentemente.

publicidade

As equipes voltaram ao trabalho, mas a Universal explicou, em comunicado, que ainda levará alguns meses até que as obras atinjam o ritmo ideal. Mais funcionários devem ser contratados. “Recomeçar o Epic Universe resultará em centenas de empregos na Universal e milhares na área central da Flórida”, continuou.

O CEO da Comcast, Brian Roberts, destacou sua expectativa em relação ao parque na conferência de tecnologia, mídia e telecomunicações Morgan Stanley. “É uma experiência de jogo totalmente interativa. Estamos investindo em parques e hotéis, então quando olhamos para os próximos 10 anos é difícil não ver um caminho emocionante para o segmento de parques”, disse.

Além das atrações do Super Nintendo World, o parque temático terá hotel, lojas, centro de entretenimento e restaurantes. As atrações do Mario também serão disponibilizados nos parques do estúdio em Osaka (Japão), Hollywood (Califórnia) e Singapura.

Por enquanto, o principal brinquedo é uma montanha-russa, Mario Kart: Koopa’s Challenge. Outra atração é uma luta com Bowser Jr em realidade aumentada. Os visitantes que jogam Switch também poderão levar o videogame e coletar moedas. Nas lanchonetes, as comidas serão temáticas, como um hambúrguer em formato de cogumelo.

Em entrevista ao Orlando Sentinel, o analista de parques temáticos Dennis Speigel afirmou que o Super Nintendo World de Orlando será excelente para a indústria. Segundo ele, deve levar até 2023 e 2024 para a retomada das atrações por causa da pandemia, um golpe mais forte até do que a recessão econômica e os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 combinados.

Via: Gamespot / IGN / Orlando Sentinel