Elon Musk, CEO da SpaceX, usou o Twitter para dar algumas explicações sobre a explosão da nave SN10, parte da missão Starlink, minutos após o pouso em um voo de teste.

Segundo o bilionário, o acidente aconteceu por conta de um problema no motor, que apresentou baixo empuxo. A causa provável seria a ingestão parcial de hélio do tanque coletor de combustível. Além disso, o impacto do pouso esmagou as pernas e parte da “saia” do foguete.

publicidade

As naves da SpaceX, são veículos de lançamento de carga que estão em desenvolvimento para transportar passageiros até a órbita da Terra e mais além.

Mesmo com a explosão, os planos da maior companhia espacial privada do mundo não vão ser desacelerados.

Agora, a SpaceX trabalha em várias correções para que os problemas do SN10 não afetem o sucessor, o SN11.