EnglishPortugueseSpanish

Bilionário Bill Gates ataca criptomoedas: “São ruins para a ecologia”

Redação 11/03/2021 22h05

Aos 65 anos e com uma fortuna avaliada em mais de 100 bilhões de dólares, Bill Gates resolveu ligar a metralhadora giratória contra algumas tendências contemporâneas. Após criticar a colonização de Marte, foi a vez do fundador da Microsoft falar contra os bitcoins.

Em entrevista ao The New York Times, o bilionário disse não acreditar que as criptomoedas sejam de fato o futuro da economia. Segundo ele, as transações consomem grandes quantidades de energia e podem causar “um grande problema climático”.

publicidade

E a crítica tem base, um monitoramento recente mostrou que a mineração de bitcoins já consome mais energia que alguns países, como a nossa vizinha Argentina. A “mineração” no caso, é a soma da energia gasta pelos milhares de computadores que calculam sem parar o valor e as transações das criptomoedas pelo mundo.

Mas o pensamento de Bill Gates não é 100% negativo. Ele acredita que o caráter descentralizado das moedas virtuais é interessante, e até não descarta investir nelas se no futuro existirem opções mais “ecológicas”.

Programadores já trabalham em opções mais verdes, como é caso do Ethereum, que busca um modelo de mineração mais sustentável…