A série ‘Band of Brothers’ vai ganhar outra sequência vinte anos depois da sua exibição na HBO. As gravações de ‘Masters of Air’ começaram no mês passado e agora mais um nome na produção – agora da Apple, junto com a Playtone e a Amblin – é divulgado. O ator norte-irlandês Anthony Boyle se junta a Austin Butler e Calum Turner, anunciados em fevereiro de 2021, no elenco.

Boyle está desde 2013 nos teatros ingleses e entre 2016 e 2019 interpretou Scorpius Malfoy, filho de Draco, na peça ‘Harry Potter e a Criança Amaldiçoada’. Na televisão, ele atuou na minissérie ‘Patrick Melrose’ e foi um dos personagens principais no episódio ‘O Viajante’, da série ‘Philip K. Dick’s Electric Dreams’, da Amazon Prime Video. No cinema, o ator fez ‘Z: A Cidade Perdida’, ‘The Journey’ e ‘Tolkien’.

publicidade
Cena da série 'The Plot Against America', da HBO, em que o ator Anthony Boyle usa um uniforme de forças armadas.
O ator esteve também em ‘The Plot Against America’, da HBO. Imagem: Twitter @AnthonyBoyle/Reprodução

Em ‘Masters of Air’, Anthony Boyle vai interpretar o Major Crosby, um dos protagonistas. O seriado será lançada na plataforma de streaming Apple TV+. Não é a primeira vez em que o ator integra uma produção original da plataforma. Ele está no elenco de ‘Tetris’, ainda a ser lançado e que conta a história de criação do jogo.

A produção executiva de ‘Masters of Air’ reúne Steven Spielberg, Tom Hanks e Gary Goetzman, assim como nas anteriores. O roteiro é de John Orloff e Graham Yost. Cary Joji Fukunaga (‘007 – Sem tempo para morrer’) vai dirigir três episódios.

LEIA MAIS:

A série de 2001 ganhou o nome ‘Irmãos de Guerra’ no Brasil. Em 2010, ‘Band of Brothers’ ganhou sua primeira sucessora, a minissérie ‘The Pacific’, que foi realizada pela HBO Films, Playtone, Dreamworks e Seven Network.

‘Masters of Air’ é baseada no livro homônimo de Donald L. Miller, que, através de entrevistas, histórias faladas e arquivos, reuniu histórias profundas de jovens americanos na Segunda Guerra Mundial. Os rapazes foram alguns dos responsáveis por levar o confronto para perto de Adolf Hitler.

Via: Deadline / Variety