Categoras: Pro

Positivo cresce em 2020 e registra maior rentabilidade dos últimos 10 anos

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, a Positivo Tecnologia cresceu expressivamente no ano passado e registrou sua maior rentabilidade anual dos últimos 10 anos. A empresa fechou 2020 com lucro líquido de R$ 196 milhões — número nove vezes maior do que os R$ 20 milhões reportados em 2019 —, de acordo com o balanço financeiro divulgado na terça-feira (16).

Ainda segundo o balanço, a Positivo apresentou receita líquida de R$ 2,2 bilhões em 2020 (aumento de 14,5% em relação ao ano anterior) e foi capaz de reduzir suas despesas em 26% — já que os gastos operacionais de 2020 chegaram a R$ 82,5 milhões, enquanto as despesas de 2019 ficaram em R$ 112 milhões.

O Ebtida, que considera o lucro gerado por atividades operacionais da empresa antes dos juros e impostos aplicados, também cresceu: os valores saltaram de R$ 140 milhões em 2019 para R$ 162 milhões no ano passado.

Leia mais:

Crescimento em meio à pandemia

Uma das explicações para o crescimento notável da companhia em 2020 foi a forte demanda por equipamentos nos segmentos corporativo, de consumo e nas áreas de instituições públicas. Tal fator foi essencial para que a companhia ampliasse suas vendas e revisasse seu portfólio para focar nas principais necessidades do mercado.

Forte demanda do mercado diante da pandemia do coronavírus expandiu produção da Positivo. Foto: Positivo/Divulgação

“Houve uma aceleração na adoção de tecnologias, especialmente quando falamos de trabalho remoto e homeschooling, e isso beneficiou e continuará contribuindo para o benefício da indústria de tecnologia de hardware no Brasil e no mundo durante alguns anos”, afirmou Helio Bruck Rotenberg, fundador e presidente da Positivo Tecnologia.

Outros fatores para o bom desempenho nas vendas envolveram o recente contrato para fornecer urnas eletrônicas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o aumento dos custos dos insumos provocados pelo impacto do câmbio.

Para este ano, a Positivo espera repetir os bons resultados. Isso porque a companhia estima que a demanda de computadores — um dos principais focos de produção da companhia — seguirá ativo em 2021.

Ademais, o lucro alcançado em 2020 traz um bom respaldo para a empresa, além de permitir novos investimentos, bem como adaptações às tecnologias mais requisitadas pelo mercado global.

Fonte: Mobile Time

Esta post foi modificado pela última vez em 17 de março de 2021 13:57

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Igor Shimabukuro