A Nasa assinou um acordo com a Blue Origin, companhia aeroespacial fundada por Jeff Bezos, CEO da Amazon, para o uso do foguete New Shepard. O objetivo é simular a gravidade lunar em experimentos em órbita da Terra. A tecnologia é vital para o sucesso do programa Artemis, que quer levar humanos de volta à Lua já em 2024.

Atualmente, a NASA simula a gravidade zero em voos parabólicos e em centrífugas. Mas os métodos fornecem apenas segundos de exposição à gravidade lunar por vez ou limitam o tamanho da carga útil.

publicidade

Upgrades no New Shepard vão permitir que o veículo use o sistema de controle de reação para rotacionar uma cápsula com experimentos. Como resultado, a cápsula inteira age essencialmente como uma grande centrífuga para criar ambientes de gravidade artificial para as cargas.

O primeiro voo da Blue Origin com o sistema está planejado para o ano que vem, e deve fornecer mais de dois minutos de gravidade lunar contínua.

A simulação diminui o risco de inovações críticas do programa Artemis, e também da exploração da superfície lunar.