Os cartuchos do Nintendo Switch são muito pequenos e geralmente não têm outras funções quando retiradas de suas capas a não ser rodar o jogo no console. Contudo, para evitar que os objetos sejam facilmente engolidos por crianças ou por alguns desastrados (quem nunca), a desenvolvedora colocou um “sabor desagradável” na peça.

De acordo com explicação da própria Nintendo, há um gosto muito forte, amargo e apimentado e que se mantém por muito tempo ao colocar um dos cartuchos do console na boca. O sabor horrível, no entanto, não é tóxico e é completamente inofensivo para quem se sente ousado o suficiente para “dar uma lambida”.

publicidade
O pequeno cartucho de jogos do Nintendo Switch. Imagem Kyli Petersen  Shutterstock.com
O pequeno cartucho de jogos do Nintendo Switch. Imagem Kyli Petersen Shutterstock.com

Ainda segundo a Nintendo, o químico usado para evitar engolir os jogos é o benzoato de denatônio (Denatonium Benzoate). “Para evitar a possibilidade de ingestão acidental, mantenha o cartucho longe de crianças. Um agente com sabor forte também foi aplicado ao cartucho. Esse agente químico e não-tóxico”, diz a empresa, em nota.

Leia mais:

Diferente dos cartuchos mais antigos, como os de Nintendo 64 ou os de Game Boy, o objeto que carrega o game de sua preferência para rodar no Switch é muito pequeno. Então, a ação inusitada da Nintendo também atinge o público mais jovem, que pode ficar tentado a colocar um cartucho na boca, ou segurar um entre os dentes, enquanto trocam os jogos.

Embora o lançamento do Switch em 2017, os jogadores ainda podem ficar curiosos de vez em quando para descobrir o “sabor dos cartuchos”. Mesmo assim, não o faça. A Nintendo constantemente recomenda que ninguém coloque o objeto na boca. Além do risco de asfixia, a lambida pode danificar o jogo (dinheiro sendo jogado no ralo… ou engolido).

Fonte: Screenrant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!