O sucesso do Xbox Game Pass cada dia mais chama atenção em escala global, tanto de donos do console da Microsoft como de produtoras de jogos. O serviço, onde é possível desfrutar de um grande número de títulos pagando uma assinatura, agrega novos usuários a cada dia e registrou expressiva alta no número de assinantes nas últimas semanas, voltando a ser chamado de “Netflix dos games” por desenvolvedores.

O serviço foi lançado de forma oficial há quatro anos com a premissa simples: não pague muito dinheiro e tenha acesso a uma tonelada de jogos. Ao longo do tempo, o Game Pass foi sendo atualizado com funções e conteúdo que consolidaram o “streaming de games” como um sucesso, tais como os jogos na nuvem, o ‘EA Play‘ e a recente adição dos jogos da Bethesda.

publicidade
Xbox Game Pass é o serviço de jogos que mais cresceu em 2020. Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock.com
Xbox Game Pass é o serviço de jogos que mais cresceu em 2020. Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock.com

No início do serviço, temia-se que os títulos presentes não gerassem renda o suficiente ou emplacasse no mercado de games, porém o que ocorre é o contrário. Segundo a revista Forbes, muitos desenvolvedores até se surpreendem com os resultados e benefícios que o Xbox Game Pass oferece.

“[O Xbox Game Pass] é uma forma de estender o ciclo de vida dos jogos e receber jogadores que não os desejam adquirir. Descubro games que nunca havia ouvido falar ou jogos que já tive interesse, mas que não iria gastar meu dinheiro”, afirmou Jonathan Bunney, vice-presidente do estúdio britânico Codemasters – responsável pela franquia de sucesso dos jogos ‘Fórmula 1‘.

Leia mais:

Ele também admitiu que o serviço tem sido uma boa maneira de encontrar novos fãs e fazer crescer os jogos no mercado dos Estados Unidos (EUA), onde o Xbox é mais forte. Bunney ainda acredita que, no geral, as vendas cresceram em cima dos jogadores por meio do Game Pass.

Já Mike Rose, fundador do estúdio No More Robots, notou que a alta nas vendas em títulos como como ‘Tombstar‘ e ‘Yes, Your Grace‘ ocorria com divulgação feita por assinantes do Game Pass a conhecidos. “Notamos os assinantes dizendo aos amigos: ‘Ei, venha jogar comigo’. Se depois [eles] não quiserem assinar o serviço de assinatura, eles compram o jogo”, explicou.

Assinantes do Xbox Game Pass jogam e gastam 20% mais

Jogos de destaque presentes no Xbox Game Pass. Imagem: Microsoft/Divulgação
Jogos de destaque presentes no Xbox Game Pass. Imagem: Microsoft/Divulgação

À Forbes, a vice-presidente corporativa do ecossistema de jogos da Microsoft, Sarah Bond, compartilhou que os assinantes do Game Pass tendem a jogar mais games, tanto em tempo de jogo (20% a mais) quanto na variedade de gêneros que experimentam (40% a mais). Eles também gastam 20% a mais com jogos do que outros jogadores.

Ao ser questionada sobre o título “Netflix dos games“, a executiva apontou as diferenças da Game Pass em comparação com a plataforma de streaming de video.

“Quando você assina um canal que permite assistir a vídeos, como a Netflix, esse é o final do ciclo de monetização para aquele conteúdo”, ela explicou. “Nos jogos é o oposto: há itens que você pode comprar no jogo, há expansões que você pode comprar, há a próxima franquia que você pode adquirir, outros gêneros que pode experimentar”.

Fonte: Forbes

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!