EnglishPortugueseSpanish

As aranhas podem ser conhecidas por uma série de coisas, mas serem fofinhas e adoráveis certamente não é uma delas. No entanto, esta aranha pavão australiana foge tanto à regra que foi batizada em homenagem a um personagem Nemo, da animação da Pixar.

Coloração laranja e branca da aranha lembra o personagem da Pixar. Crédito: Pixar/Divulgação

A Maratus nemo foi nomeada pelo biólogo especializado em aranhas Joseph Schubert. A espécie recebeu este nome por sua coloração que mistura laranja e branco e lembra bastante o peixe-palhaço protagonista do filme “Procurando Nemo”, de 2003.

publicidade

Leia também: 

A aranha Nemo foi vista pela primeira vez há pouco tempo na cidade de Nangwarry, no sul da Austrália. Por se tratar de um animal bem diferente, ela compartilhou algumas fotos dele em um grupo de Facebook dedicado a aranhas saltadoras.

Quando Schubert viu as fotos, ele entrou em contato com ela e pediu para que capturasse o indivíduo para que ele pudesse estudá-lo em profundidade. Agora, todos os detalhes descobertos por ele foram publicados em um estudo para a revista Evolutionary Systematics.

Dimorfismo sexual

Dança do acasalamento das aranhas pavão lembra bastante a dos pavões

As aranhas pavão são um tipo de aranha saltadora muito comum na Austrália e têm como peculiaridade o fato de possuírem escamas vibrantes e com cores vivas. Esta característica é uma espécie de dimorfismo sexual, já que está presente apenas nos machos e é usada para atrair fêmeas.

Essas escamas ficam no abdômen dos machos e são apresentadas durante uma espécie de dança do acasalamento. Os animais levantam apenas uma perna e vai agitando as demais conforme a fêmea vai se aproximando deles, enquanto balança o abdômen para cima e para baixo, bem parecido com o movimento feito pelo pelos pavões.

Por medirem entre 1,5 e 7,5 milímetros, as aranhas pavão dificilmente são identificadas a olho nu. À primeira vista, ela parece uma ranha comum, sendo necessário uma câmera potente com lente macro para que as escamas sejam vistas.

Com informações do Cnet

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!