Quem é que não gosta daquele cheirinho de coisa nova, não é mesmo? Pois foi pensando nisso que a Motorola, em parceria com a Firmenich, anunciou dois novos modelos de celulares que chegarão aos consumidores com “cheiro de celular novo”. O Moto G100 e o Moto G30 entraram à venda recentemente no Brasil e terão um perfume marcante, que irá funcionar como a “assinatura olfativa da Motorola”.

Enquanto alguns conquistam pela “barriga”, a empresa de celular, juntamente com a companhia de fragrâncias e aromas tem como objetivo, além de inovar dentro da marca, conquistar os usuários pelo olfato, já que assim que a caixa do celular comprado for aberta o cheirinho será exalado.

publicidade

“Pelo design dos nossos aparelhos, a gente estimula o tato. Por meio das experiências de câmera e tela, a visão. A audição é ativada pelos alto-falantes e pelo nosso conhecido ringtone Hello Moto. Agora fomos além, levando a experiência para um novo sentido: o olfato. Para isso, nos associamos com a Firmenich que desenvolveu a assinatura olfativa da Motorola”, explicou Juliana Mott, head de Marketing da Motorola Brasil.

Novos modelos de celulares da Motorola terão perfume. Imagem: Reprodução/Motorola
Novos modelos de celulares da Motorola terão perfume. Imagem: Reprodução/Motorola

O perfume que acompanhará os modelos recebeu o nome de Blue Touch Tech e tem sua fórmula composta “por um mix complexo de aldeídos frescos, notas aromáticas, especiarias tônicas e facetas marinhas e são envolvidas por tonalidades de âmbar, madeira e almíscar”.

A Firmenich levou um ano para desenvolver a fragrância, incluindo quatro meses de testes e pesquisas qualitativas e quantitativas no Brasil, China, Europa, Estados Unidos, Índia e Dubai, até chegarem à fragrância ideal.

Durabilidade da fragância

A Motorola garantiu que a tecnologia utilizada para manter o cheiro de celular novo irá durar bem mais do que costumam durar os de carros saídos da concessionária. 

“A estimativa é que a predominância da fragrância em condições normais de uso dure 90 dias em média”, prometeu a marca, via nota da assessoria de imprensa.

Leia mais!

A Motorola também explicou que realizou testes para comprovar a durabilidade do perfume, expondo a fragrância a “processos de estufa durante 60 dias, a 37 graus por 24h, e mesmo após esse período, ainda é percebida a fragrância íntegra e sem nenhuma perda olfativa”.

Segundo a marca, ainda não é cogitada uma expansão do acesso à fragrância por outros usuários da Motorola. O projeto piloto está sendo realizado, inicialmente, apenas do Brasil, que é um dos mercados mais importantes para a empresa globalmente.

Via: Vida Celular

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!