EnglishPortugueseSpanish

O governo anunciou nesta quarta-feira (31) a volta do pagamento do Auxílio Emergencial para o próximo dia 6 de abril. O novo benefício será em quatro parcelas com valor médio de R$ 250, mas podendo chegar até R$ 375 dependendo do perfil de cada família. Consulte sua situação.

No dia 6 de abril o Auxílio Emergencial volta a ser pago para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa. Já para quem recebe o bolsa família, os pagamentos começam em 16 de abril.

publicidade

Os pagamentos serão feitos por meio de conta poupança digital da Caixa. Essa conta pode ser consultada no Caixa TEM. Agora, para quem recebe o Bolsa Família, o pagamento será realizado da mesma maneira que o benefício. Lembrando que quem recebe a bolsa pode escolher qual ajuda vai querer.

Quanto será pago?

Os valores a serem pagos variam pela condição de cada família:

  • Para quem mora sozinho: R$ 150
  • Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres: R$ 250
  • Famílias chefiadas por mulheres: R$ 375

Veja o calendário completo:

Quem receberá o Auxílio Emergencial?

Leia mais!

Segundo o Ministério da Cidadania, haverá uma nova triagem dos cidadãos cadastrados no sistema para manter apenas quem realmente necessita do Auxílio Emergencial na volta do programa. Com a medida, apenas 45 milhões devem receber o novo auxílio — cerca de 11 milhões de brasileiros cadastrados anteriormente no programa ficarão de fora. Como o benefício será destinado aos mesmos beneficiários cadastrados no ano passado, não será preciso fazer um novo cadastro.

  • ser um cidadão maior de 18 anos ou uma mãe com menos de 18 anos que estejam desempregados ou que exerçam atividades na condição de microempreendedores individuais (MEI), contribuinte individual da Previdência Social ou trabalhador informal;
  • pertencer a uma família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50) ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135).


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!