Aos amantes de dinossauros: tem predador novo no pedaço! Um grupo de paleontólogos publicou recentemente a descoberta de uma nova espécie na região da Patagônia, na Argentina. Ao que tudo indica, o animal viveu a cerca de 80 milhões de anos e recebeu o nome científico de Llukalkan Aliocranianus, que significa “aquele que causa medo” no idioma indígena mapuche.

Segundo o estudo que foi publicado no Journal of Vertebrate Paleontology, o fóssil continha o maxilar, ossos da bochecha e também a caixa craniana do animal. Com pelo menos cinco metros de comprimento e uma audição aguda, os restos do dinossauro levaram os pesquisadores a comparar a espécie com a do já famoso Tiranossauro Rex. Mas não só com ele.

publicidade

De acordo com a pesquisa, o predador que “causa medo” viveu na mesma área e período de tempo que outra espécie de abelissaurídeo, o Viavenator exxoni. Os ossos de ambos foram encontrados a apenas 700 metros de distância na Formação Bajo de la Carpa, que fica perto do famoso local de fósseis em La Invernada, na Argentina.

O novo dinossauro identificado faz parte das outras dez espécies de abelisaurídeos, uma família que governava no período Cretáceo Superior na Patagônia, que aconteceu na era Mesozóica há 66 milhões de anos.

Com certeza eram criaturas assustadoras… mas fascinantes!