EnglishPortugueseSpanish

A montadora sueca Polestar, uma divisão de veículos elétricos de alto desempenho da Volvo, está trabalhando em um carro neutro em emissões de carbono com previsão de lançamento para 2030. O projeto ambicioso é parte dos esforços de sua organização-mãe, que quer se tornar uma empresa cada vez mais verde e parar de vender carros à gasolina até o mesmo ano. 

Ao invés de plantar árvores como forma de compensar as emissões de dióxido de carbono de sua operação, uma prática comum na indústria, a empresa deseja alterar a forma como os carros da marca são feitos. E isso inclui toda a cadeia de produção da Polestar, desde seus fornecedores, até os concessionários que venderão os veículos. 

publicidade

“Somos elétricos, então não precisamos nos preocupar com os motores de combustão que produzem emissões tóxicas”, declarou a chefe de sustentabilidade da empresa, Fredrika Klarén. “mas isso não significa que nosso trabalho está feito”, prosseguiu a executiva. 

Leia também: 

Klarém acredita que só o fim das emissões de carbono pode fazer com que a empresa realmente esteja contribuindo com o meio-ambiente. “Vamos trabalhar para erradicar todas as emissões oriundas da produção de nossos veículos”, disse ela. “É uma oportunidade de aproveitar o momento, fazer melhor e ousar construir o sonho de carros neutros, circulares e bonitos para o clima”. 

Compensações não deram certo

O projeto Polestar 0 terá foco no ‘design rumo a zero’ que visa eliminar as emissões, ao invés de tentar compensar plantando árvores. Imagem: Polestar/Divulgação

A decisão da Polestar de ter um carro neutro em emissões de carbono em menos de 10 anos faz parte de uma tendência que também é adotada por outras empresas, que desejam se tornar mais verdes e fazer uma economia mais sustentável. 

Isso é um forte indicativo de que a prática de trabalhar com compensações de carbono não foi bem-sucedida e precisa ser revista pelas empresas. “Compensar é uma desculpa para escapar”, disse o CEO da montadora, Thomas Ingenlath.

“Ao nos esforçarmos para criar um carro totalmente neutro para o clima, somos forçados a ir além do que é possível hoje”, completou o executivo. 

Com informações do Engadget e do The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!