EnglishPortugueseSpanish

O Signal anunciou nesta terça-feira (6) o início dos testes beta de um novo recurso de seu aplicativo permite pagamentos e transferências de criptomoedas. Batizada de Signal Payments, a ferramenta será integrada à carteira digital MobileCoin e só permitirá transações com uso da MOB, moeda digital da marca. 

Insiders da indústria de tecnologia apontam que existe uma forte relação de proximidade entre os executivos da MobileCoin e o fundador e CEO da Signal, Moxie Marlinspike. O dono do aplicativo de conversas teria até mesmo aconselhado os responsáveis pela carteira digital sobre como captar recursos em uma rodada de investimentos no mês passado. 

publicidade

Leia também: 

“O primeiro protocolo de pagamentos para o qual adicionamos suporte é uma rede de pagamentos com foco na privacidade chamada MobileCoin , que tem sua própria moeda, MOB”, informou o chefe de crescimento e comunicação do Signal, Jun Harada, em um post no blog do mensageiro

Segurança e proteção

Signal segue tendência iniciada pelo WhatsApp. Crédito: Signal/Divulgação

Harada reiterou que a integração entre MobileCoin e Signal será focada em seguraça e proteção de dados, algo que o aplicativo tenta vender como seu maior diferencial em relação aos seus concorrentes, principalmente o WhatsApp.

“Como sempre, nosso objetivo é manter seus dados em suas mãos, e não nas nossas; O design do MobileCoin significa que o Signal não tem acesso ao seu saldo, histórico completo de transações ou fundos”, disse Harada. “Você também pode transferir seus fundos a qualquer momento se quiser mudar para outro aplicativo ou serviço”, completou.

A adição de uma carteira digital ao Signal marca algo que já pode ser entendido como uma tendência, que é a mescla de aplicativos de mensagens com sistemas de pagamento. Recentemente, o WhatsApp foi aprovado para transações financeiras no Brasil, como resposta, o PicPay decidiu adicionar recursos de chat e ligações à sua plataforma.

Com informações do The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!